Switch ultrapassou as vendas da Wii no Japão

Animal Crossing trouxe um grande aumento nas vendas.

A chegada de Animal Crossing: New Horizons significou vendas recordistas para o jogo no Japão e ainda um novo marco no percurso da Nintendo Switch, em terras nipónicas.

Animal Crossing: New Horizons vendeu mais do que Pokémon: Sword e Shield, na sua estreia, para se tornar na melhor estreia da Nintendo Switch, nas lojas físicas japonesas. Além disso, ajudou a consola híbrida a vender mais de 392,000 unidades.

Este grande impulso nas vendas da Nintendo Switch permitiu à consola ultrapassar a Wii, em vendas nas lojas japonesas, algo que já se esperava e que agora foi alcançado, segundo partilhado por Danieal Ahmad, analista na Niko Partners.

A chegada de Tom Nook à Switch ajudou a consola a registar 12.8 milhões de unidades vendidas (modelos matriz e Lite), o que a coloca acima dos 12.7 milhões de unidades vendidas da Nintendo Wii, no Japão.

O lançamento da Nintendo Switch alusiva a New Horizons e do modelo Coral Lite ajudaram a vender mais unidades e Ahmad diz ainda que o número de vendas do novo Animal Crossing é ainda mais impressionante do que pensas.

Segundo diz, contabilizando as unidades físicas e digitais, Animal Crossing: New Horizons vendeu mais de 2.5 milhões de unidades no Japão.

Animal Crossing: New Horizons é o mais recente jogo a receber o selo de Obrigatório aqui no Eurogamer Portugal, figurando como um de vários exclusivos Switch premiados com essa distinção.

Descrito como um jogo que "eleva o espírito "good feel" e aspecto "cute" de uma vida simples e feliz em comunidade, com mais ferramentas," New Horizons poderá ser o jogo que precisas e nem sabias:

Há uma harmonia, uma paz, uma atenção aos detalhes e um estilo de vida em AC New Horizons, que juntamente com as mudanças operadas ao nível da construção de edifícios e infra-estruturas, fazem deste o mais impressionante AC. Vemos nele influências de outros jogos do tipo "life sim", mas consegue tocar no ponto diferenciador por todas as componentes que envolve, da socialização até à modelação ampla da ilha, das casas e seus interiores. É um jogo que consegue ser gigantesco sem se tornar complicado ou aborrecido. Ainda retoma boa parte do seu conteúdo original, a recolha de algumas matérias-primas pode tornar-se exasperante pelo limite diário, mas podemos sempre melhorar e desenvolver outras coisas enquanto esperamos. Há sempre uma surpresa nesta ilha.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

The World of Cyberpunk 2077 é o livro que explica o mundo do jogo

Resultado de uma parceria da Dark Horse e CD Projekt.

Cyberpunk 2077 trata consolas como plataformas de primeira classe

A CD Projekt RED assegura grande qualidade para a Xbox One e PS4.

Control - lista das Weapon Forms, como desbloquear e fazer upgrade a Special Weapon Forms

O nosso guia para actualizar e desbloquear novas Weapon Forms para a Service Weapon em Control.

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários