Digital Foundry: Nioh 2 em Action Mode é a única forma de desfrutar a sério deste gameplay desafiante

O Movie Mode é demasiado inconsistente.

Nioh 2 está finalmente disponível na PlayStation 4 e o Digital Foundry decidiu olhar para o jogo e descobrir como se portam os dois modos de jogo, nas duas consolas da PlayStation.

O novo jogo da Team Ninja pega na fórmula aclamada do primeiro, lançado em Fevereiro de 2017, adiciona-lhe novas mecânicas (como a transformação em Yokai), introduz um sistema de criação de personagens e lança-te contra diversos inimigos que te podem derrotar a qualquer momento.

A base é a mesma e tal como na sua essência, Nioh 2 também segue as pisadas do primeiro ao apostar em vários modos de jogo diferentes.

Na PS4 Pro podes optar por um Action Mode que tem como alvo os 60 fotogramas por segundo, Movie Mode que tem como alvo os 30fps com melhor qualidade de imagem e ainda um Movie Mode com rácio de fotogramas desbloqueado.

Segundo o Digital Foundry descobriu, o Action Mode corre a 1920x2160 via checkerboard, mas a qualidade da técnica é questionável. Existem imensos artefactos na imagem e a própria forma como a imagem é tratada, a 4K não é tão nítida quanto deveria ser, dando a sensação de um jogo que corre numa resolução inferior.

Além disso, existem diversos elementos na imagem que correm em resolução inferior, com aliasing altamente perceptível, especialmente na vegetação, algo que existem em grande quantidade em Nioh 2.

Se optares pelo Movie Mode desbloqueado, entra em acção uma resolução dinâmica que baixa a resolução geral.

O Action Mode parece correr a 1920x1080 sem checkerboard, que depois é convertida para 4K na PS4 Pro, mas além da resolução inferior, existem imensos cortes na qualidade da imagem. A qualidade das sombras é um desses exemplos, juntamente com a anti-aliasing. Algo que também desaparece no Action Mode são os movimentos das sombras causadas por elementos do cenário, como folhas nas árvores.

As texturas na maioria dos elementos dos cenários também perde qualidade e os cenários vistos à distância, tornam-se menos nítidas.

Na PlayStation 4, os 3 modos de Nioh 2 são uma espécie de espelho do que tens na PS4 Pro, mas numa resolução inferior.

O Movie Mode, cujo alvo são os 30fps, corre a nativa 1920x1080, enquanto a versão desbloqueada do Movie Mode perde alguma qualidade gráfica e corre com resolução dinâmica. Ocasionalmente, dependendo da cena, poderá descer para 900p ou até abaixo disso.

O Action Mode na PS4 corre com uma resolução dinâmica agressiva, que poderá levar frequentemente o jogo para 720p, juntamente com os cortes visuais que encontrarás no jogo a correr na PS4 Pro neste modo.

Sobre a performance, o Digital Foundry descobriu que Nioh 2 em Movie Mode na PS4 Pro pode descer abaixo dos 30fps e em cenas com muitos efeitos. A variante desbloqueada é incrivelmente inconsistente. Além do uso de resolução dinâmica, varia constantemente entre altos 50s e 40s, não se sentindo a momento algum como uma experiência consistente.

O Action Mode tem como alvo a 60fps e na maioria do tempo, é robusta e somente em momentos raros descerá dos 60fps. Nas intensas cenas de combate, este modo mantém os 60fps e é único modo indicado para todos os jogadores que querem desfrutar deste gameplay brutal e desafiante, que não se importam por prescindir de alguma qualidade gráfica.

Na PS4, a performance volta e espelhar o que encontras na PS4 Pro, mas com pequenas diferenças.

O Movie Mode, com alvo nos 30fps, mantém-se na maioria do tempo no alvo, mas em momentos nos quais o jogo faz streaming dos cenários, existem pausas momentâneas, enquanto o Movie Mode variável apresenta a mesma experiência variável e loucamente inconsistente. Poderás variar entre 30fps e 50fps, o que resulta num modo pouco recomendável.

O Action Mode na PS4 também consegue manter-se nos 60fps na maioria do tempo, mas sofre com mais quedas e quando as sofre são mais prolongadas.

Nioh 2 é um jogo que te permite jogar de diversas formas e tens algum controlo sobre a experiência que vais ter. No entanto, Nioh 2 parece feito para correr a 60fps e isto torna o Action Mode nas duas consolas como praticamente a única escolha que pode ser recomendada.

Publicidade

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

ArtigoEstes RPGs da PS4 são pérolas escondidas

Quem é que não gosta de pérolas?

Final Fantasy 7 Remake bateu os recordes de vendas da série nos Estados Unidos

O jogo mais vendido em Abril. A Switch foi a consola mais vendida.

Tencent é a nova produtora de System Shock 3

Os direitos de produzir sequelas trocaram de mãos.

Vendidas mais de 12 milhões de unidades de NBA 2K20

Borderlands 3 ultrapassou os 10 milhões.

NetEase revela Project Ragnarok

Inspirado na mitologia nórdica.

Também no site...

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários