Pokémon Mystery Dungeon: Rescue Team DX review - Somos todos um Pokémon

Da Gameboy Advance para a Nintendo Switch.

A recriaçăo de Pokémon Mystery Dungeon para a Switch năo livra o jogo da experięncia repetitiva que já existia nas versőes originais.

A Nintendo tem aproveitado o sucesso da Nintendo Switch para relançar diversos dos seus jogos. Um perfeito exemplo disto é o catálogo de exclusivos da Wii U, que foi quase por inteiro (faltam ainda alguns títulos como Xenoblade Chronicles X) relançado na nova consola da Nintendo através de remasterizações. Mas há outros jogos, como este Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX que vêm de consolas da Nintendo muito mais antigas.

Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX é uma recriação dos jogos Pokémon Mystery Dungeon: Blue Rescue Team e Red Rescue Team que foram lançados em 2005 para a Nintendo DS e Gameboy Advance, respectivamente. O investimento da Nintendo na recriação destes jogos é uma surpresa já que nunca foram considerados clássicos e, pegando no comentário típico da Internet, "ninguém pediu isto".

Posto isto, existem duas questões a resolver nesta review de Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX: será que estamos perante uma boa recriação e, mais importante, será que esta experiência não passou do prazo de validade? Isto acontece com muitos jogos e neste caso estamos perante um jogo que foi originalmente lançado há quase 15 anos para consolas portáteis.

Poké Dungeons

Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX é basicamente um dungeon crawler em que as dungeons são geradas aleatoriamente. As dungeons têm nomes fixos e pokémon específicos a patrulhá-las, mas os trilhos nunca são os mesmos. Diferente dos jogos de Pokémon tradicionais, encarnas o papel de um Pokémon e não de um treinador. Logo antes de começares a jogar, terás que responder a um breve questionário para determinar a tua personalidade. Com base na tua personalidade, receberás a recomendação de um Pokémon. Podes ignorá-la ou não. No meu caso, foi-me recomendado encarnar um Treecko.

Em pouco tempo estarás a formar uma equipa de três Pokémon para resgatar outros Pokémon que ficam presos nestas dungeons. A jogabilidade segue uma lógica de turnos - cada passo que dás na dungeon e cada ataque feito equivale a um turno - mas é diferente da experiência clássica de Pokémon, estando mais próximo de um RPG em que acção decorre em tempo real. Não obstante, há muitas coisas que são importadas dos jogos Pokémon da linha principal e que serão familiares para quem os jogou, nomeadamente a vantagem dos tipos - por exemplo, um pokémon de água terá vantagem sobre um de fogo - e a inflição de estados como paralisia, queimadura e envenenado.

"Há muitas coisas que são importadas dos jogos Pokémon da linha principal e que serão familiares para quem os jogou"

Há semelhanças, mas também há diferenças. Os Pokémon sobem de nível com a experiência ganha e podem aprender novos ataques, mas a evolução só é possível depois de terminares a história. Este é um dos aspectos que menos gostei de Pokémon Mystery Dungeon, já que a evolução dos Pokémon é um dos principais atractivos da saga. Fora isto, nas dungeons precisas de prestar atenção à fome do teu Pokémon. Cada passo que dás gasta energia e eventualmente terás que comer alimentos como maças para encher o estômago. Quando andas de estômago vazio perdes vida a cada passo. Em dungeons particularmente longas, com mais de 10 níveis, usar itens é particularmente importante.

Criar acampamentos e recrutar novos Pokémon

Em vez de capturar Pokémon, em Mystery Dungeon os Pokémon optam livremente por se juntar a ti. Isto acontece depois de combateres contra um Pokémon numa dungeon. No final, existe a possibilidade de ele perguntar se pode juntar-se à tua equipa. Mesmo que isto aconteça, para que no final da dungeon ele se junte à tua equipa de resgate precisas de ter o acampamento apropriado. Existem dezenas de acampamentos que têm de ser construídos porque cada Pokémon gosta de habitats diferentes.

Para construir acampamentos precisas de dinheiro, e para acumulares riqueza, tens que fazer regates. Existem imensas missões secundárias para completar, portanto isto não é um problema. Uma coisa a salientar é que se morreres numa dungeon e não tiveres itens para ressuscitar os teus Pokémon, vais perder tudo o que tens - todos os itens e todo o dinheiro. Uma medida de contenção é depositar o dinheiro no banco (sim, existe uma pequena vila onde tens utilidades como um banco de dinheiro, de itens e até um ginásio em que podes usar tickets para ganhar experiência) antes de te aventurares num dungeon particularmente desafiante.

pokemon_mystery_dungeon_nintendo_switch
Todos os dias vais receber pedidos para resgatares Pokémon. Esses pedidos implicam repetir dungeons pelas quais já passaste.

Quantos mais regastes realizares, maior será a reputação da tua equipa. Podes ir subindo de categoria - bronze, prata, ouro, platinum e por aí fora. Assim que sobes de categoria, ganhas mais espaço para itens. A organização dos itens é estranha. Há itens que são acumulados no mesmo espaço, mas muitos outros, como o Max Elixir e Maças, ocupam espaços individuais por cada item. Ou seja, para teres seis Max Elixir no inventário, estás a gastar seis espaços. Com outros itens o mesmo não acontece. É confuso.

Facilmente dura dezenas de horas, mas é bastante repetitivo

Apesar da história ter alguma graça, muito porque existe alguma piada em ver as diferentes personalidades dos Pokémon e como interagem uns com os outros sem treinadores à mistura, Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX torna-se repetitivo nas primeiras horas. A jogabilidade é cansativa, e apesar das muitas missões secundárias, todas elas são iguais: tens que ir a um nível de uma dungeon e resgatar um Pokémon. Inevitavelmente, vais sentir que estás sempre a fazer a mesma coisa. O facto de teres que esperar pelo final do jogo para poderes evoluir os Pokémon também não ajuda.

Para além da progressão ser lenta, o jogo também é muito fácil. Isto torna a jogabilidade numa tarefa ainda mais aborrecida em que chega a momento em que já estás em modo automático, sem sequer a pensar naquilo que estás a fazer. Mesmo assim, o jogo tem alguma piada devido ao charme inerente da franquia Pokémon. Apesar da experiência ser diferente, combater, subir de nível, e montar equipas com diferentes sinergias são pilares fundamentais partilhados com os jogos da linha principal. Para os fãs destes jogos como eu, Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX acaba por ter sempre algum apelo, mesmo a jogabilidade repetitiva nos faça pausar a consola sem saber quando vamos voltar a pegar nela para continuar a jogar.

"Para além da progressão ser lenta, o jogo também é muito fácil. Isto torna a jogabilidade numa tarefa ainda mais aborrecida"

Visualmente, Pokémon Mystery Dungeon: Team Rescue DX parece um desenho colorido em movimento em alguns momentos. A vila onde tens as utilidades é muito bonita, mas as dungeons não emanam tanto charme. Ainda assim, é definitivamente uma grande melhoria em comparação com os gráficos originais das versões para a Nintendo DS e Gameboy Advance. Para todos os efeitos, a Nintendo fez uma boa recuperação dos jogos em questão. Isso não muda o facto de que, no interior, continua a ser um jogo com 15 anos que já na altura em que saíram não tiveram uma recepção calorosa universal. Todavia, se gostas de Pokémon e o factor da repetitividade não te assusta, é um jogo a considerar.

Prós: Contras:
  • O estilo visual é bonito
  • Tem o charme natural de Pokémon
  • Dura dezenas de horas, se quiseres completar tudo
  • Muito repetitivo
  • Só podes evoluir os Pokémon depois de terminares a história
  • A gestão de inventário é confusa
  • Ausência de desafio

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acçăo, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários