Governo Espanhol quer regular Caixas de Loot

Quer impedir a ludopatia nos menores.

As controversas caixas de loot ficaram na mira de diversos governos mundiais, após diversas polémicas em vários jogos e na forma como incentivam menores de idade a gastar dinheiro extra, sem qualquer garantia do que vão obter.

Apesar de editoras como a EA defender o que chama de mecânicas surpresa e a Take-Two afirmar que se trata de uma mecânica perfeitamente razoável, as caixas de loot estão a gerar imensa discussão em todo o mundo.

Vários governos decretaram que eram equiparáveis a jogos de sorte e forçaram as editoras a removê-las, enquanto recentes estudos sugerem que podem deixar os jovens susceptíveis a jogos de sorte. Agora, é a vez do governo Espanhol agir.

Segundo avançado pelo ElDiario (obrigado ao Vandal), Alberto Garzón, ministro do consumo, quer regular as caixas de loot nos videojogos, à semelhança de países como Bélgica e Holanda, para impedir que os menores corram o risco de ludopatia.

A ludopatia (o hábito de jogo compulsivo) é um risco para os menores de idade expostos a estas mecânicas que os incentivam a gastar dinheiro extra à espera de obter um item que desejam, sem qualquer garantia de o obter.

O governo espanhol investigará a possibilidade de implementar medidas mais rígidas para os menores de idade, reforçando os controlos parentais e chamando a atenção dos pais para tais comportamentos, mas também pretende uma maior transparência por parte das editoras.

Para as autoridades espanholas não existe qualquer dúvida, as caixas de loot são equivalentes a jogos de azar e merecem ser reguladas pelo que são.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários