Candidato à presidência dos EUA diz que criadores de jogos são "pequenos sacanas"

Joe Biden diz que criam jogos que ensinam a matar pessoas.

Os videojogos voltam a estar associados à política nos Estados Unidos da América após Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos, tecer duras críticas aos criadores de videojogos.

Biden, ex-vice presidente dos EUA e que actualmente é candidato Democrata à presidência do país, conversou com o New York Times e deixou duras palavras para os arrogantes que desenvolvem videojogos para ensinar a matar pessoas.

1

Biden relembrou a sua experiência pessoal a conversar com criadores de videojogos em Silicon Valley e descreveu-os como "sacanas" e "arrogantes", após ter sido questionado sobre a interferência do Facebook nas passadas eleições.

"Podes-te recordar das críticas que recebi por me reunir com os líderes em Silicon Valley, quando estava a tentar criar um acordo com eles sobre a protecção da propriedade intelectual para artistas nos Estados Unidos da América," diz Biden.

"A dada altura, um dos pequenos sacanas sentado ao fundo da mesa, um multi-milionário, disse-me que era um artista porque foi capaz de criar jogos que te ensinam a matar pessoas, tu sabes os...."

Quando o repórter respondeu "videojogos," Biden continuou dizendo que, "sim, os videojogos. E depois um dos líderes sénior deu-me uma lição ali ao dizer que se eu insistisse no que Leahy elaborou e íamos, eu pensei que íamos apoiar em pleno, que eles iriam arrebentar com a rede, em termos figurativos. Têm o contacto de toda a gente."

"Depois um destes arrogantes diz-me que, tu sabes, 'Somos o motor económico da América. Somos os tais.' E infelizmente, eu fiz o meu trabalho de casa antes de ir lá e disse, sabes, penso que é fascinante. Ao contar os sete de fato, estavam todos lá menos a Microsoft. Eu disse, vocês têm menos pessoas na vossa lista de pagamentos do que todas as perdas que a General Motors acabou de sofrer no último trimestre, em empregados. Por isso não me venham ensinar sobre como criaram todos estes empregos."

Biden diz que estes líderes tecnológicos estão repletos de arrogância e não acredita que possam fazer o que quiserem.

O político dos Estados Unidos deseja abolir uma lei que protege os donos das plataformas das responsabilidades sobre os conteúdos que são criados nelas pelos utilizadores.

Joe Biden acredita que o governo tem a responsabilidade de assegurar que estas plataformas tecnológicas não são abusadas e manipuladas para prejudicarem o país, procurando alterações na lei que poderão, eventualmente, afectar os videojogos nos EUA.

Publicidade

Salta para os comentários (68)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Xbox Series X beneficiará de retro-compatibilidade de qualidade superior

Graças a novas técnicas e ferramentas inventadas pela Microsoft.

Demo de Nioh 2 já disponível

Ganha uma recompensa especial.

Governo Espanhol quer regular Caixas de Loot

Quer impedir a ludopatia nos menores.

Também no site...

Comentários (68)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários