Escolhas dos Leitores 2019 - A lista dos 5 que ficaram à porta

99 Wilds.

Olá leitor do Eurogamer Portugal, bem-vindo a 2020.

O ano de 2019 foi um ano incrível em termos de novidades, conseguindo estar à altura dos impressionantes 2017 e 2018, mas agora, estamos num novo ano e com uma nova geração à porta.

Ao longo dos últimos dias, apresentamos-te os resultados da votação da comunidade, que escolheu durante ao longo de vários dias os seus jogos favoritos e ajudou a determinar o Jogo do Ano .

Jogos como Zelda: Link's Awakening, Fire Emblem: Three Houses e Crash Team Racing estiveram presentes nestas listas, que culminaram com jogos como Gears 5, Control, Sekiro, Death Stranding entre os jogos mais votados.

Resident Evil 2 remake foi coroado o jogo do ano e normalmente isto significaria que as listas estavam terminadas, mas desta vez temos uma nova lista para os mais curiosos.

Frequentemente lemos comentários teus onde questionas como um determinado jogo ficou de fora da lista e decidimos apresentar-te uma lista extra com os jogos que ficaram muito perto de entrar.

Alguns destes jogos tiveram um número de votos muito aproximado aos dos últimos lugares e alguns deles tiveram uma diferença de um ou dois votos, figurando como os 5 jogos que quase entraram.

Estes jogos são apresentados por ordem aleatória.

Listas com os Jogos do Ano - Escolha dos Leitores

Tetris 99

  • Estúdio: Arika
  • Editora: Nintendo
  • Plataformas: Nintendo Switch

DiegoDude disse: "Um jogo com um formato extremamente simpes e extremamente desafiador, continua com o sentimento que tinha a mais de duas décadas e continua impressionando."

Yakuza Kiwami 2

  • Estúdio: Ryu Ga Gotoku Studio
  • Editora: SEGA
  • Plataformas: PC

O que Dissemos da versão PS4: "Desenvolvido a partir do Dragon Engine, Yakuza Kiwami 2 é mais um bom serviço da Sega em prol dos fãs de Yakuza. Uma peça do passado que muitos porventura desconhecerão e que se apresenta na melhor forma em alta definição. Um jogo não tão ambicioso como Yakuza 6, já que parte de uma produção original com mais de 10 anos, mas ainda assim abundante em conteúdo, proporcionando uma história valiosa e imensas distrações, tanto em Kamurocho como Osaka. O sistema de combate, mesmo não sendo o mais inovador, proporciona um óptimo desafio e sobretudo revela-se altamente fluido. Podendo embora reintroduzir elementos que experimentámos noutros jogos da série, Kiwami 2, assegura uma história interessante, um bom sistema de combate e sobretudo imenso conteúdo, entre missões principais, actividades secundárias e mini jogos."

Salta para os comentários (16)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (16)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários