Escolhas dos Leitores 2019 - 20 ao 11

Outer Elysium!

Sê bem-vindo de volta à contagem decrescente para descobrir quais são os jogos favoritos de 2019 para os leitores do Eurogamer Portugal.

Depois da tua votação, recolhemos os votos e começamos a contagem, que continua agora com a segunda parte.

O ano de 2018 foi um ano incrível em termos de novidades, conseguindo estar à altura do impressionante ano de 2017. Agora, vamos olhar para 2019 e ver se ficou marcado por incríveis lançamentos e títulos que encantaram os jogadores.

Sabemos que para muitos apenas interessam os títulos, mas para outros tantos, esta é uma oportunidade para celebrar o ano, ler comentários de outros utilizadores e desfrutar de uma lista criada pela comunidade da qual fazes parte.

Estamos cada vez mais perto do final da lista, com os grandes jogos que obtiveram mais votos, mas antes disso, temos esta lista com os jogos que ficaram quase lá.

Estão aqui presentes jogos que poderiam facilmente figurar entre os 10 melhores de 2019, mas os vossos votos ditaram que estes jogos ficaram um pouco aquém dos primeiros.

Esta é a quarta e penúltima parte da lista dos Melhores Jogos de 2019 para os Leitores do Eurogamer Portugal e agora as coisas começam a ficar sérias. Se ficaste aborrecido por ver alguns jogos fora dos 20 melhores, espera até verificares o que ficou de fora dos 10 melhores.

Listas Anteriores

20. Red Dead Redemption 2

  • Estúdio: Rockstar Games
  • Editora: Take-Two Interactive
  • Plataformas: PC

Eternus disse: "Red dead redemption 2, absolutamente magnífico o que a rockstar conseguiu fazer com o já conhecido open world, quando se pensava que já estava tudo explorado a rockstar Fã está maravilha, um dos melhores (o melhor) open world alguma vez feito."

Hawaiian disse: "Apesar de ter sido lançado originalmente em 2018 nas consolas, a versão PC trouxe um mundo ainda mais recheado de detalhe, e uma jogabilidade mais requintada. Mesmo com um atribulado lançamento, não há dúvidas que a Rockstar tirou partido das capacidades que o PC pode oferecer."

19. Borderlands 3

  • Estúdio: Gearbox Software
  • Editora: 2K Games
  • Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, PC

O que Dissemos: "Portanto, Borderlands 3 continua a ser, para o bem e para o mal, mais Borderlands. Se é isso que procuras, vais ficar satisfeito. Na nossa experiência, para um jogo que te pede para despender de dezenas de horas, sentimos falta de variedade tanto no tipo de missões como nos inimigos, que se repetem demasiado. Costumo dizer que todos os jogos são, inevitavelmente, repetitivos, mas há jogos em que se sente isso muito mais do que outros. Este é um desses jogos. Também há coisas positivas a destacar, nomeadamente o gampelay e a quantidade de armas existentes. Isso continua a ser o ponto mais forte de Borderlands 3. Ultimamente, fica a sensação de que a Gearbox podia ter feito mais. Invés disso, fez um jogo que está demasiado próximo dos anteriores e que falha em renovar-se."

Born_work_die disse: "Sem dúvida, tem tudo o que um jogo deve ter,belos gráficos,a performance,ok deixa um pouco a desejar,mas é bastante divertido, mesmo a single player,dinâmico,umas boas mecânicas,a história é ok,Sound design excelente, parece música o som das armas,boa música ambiente,muito loot,etc... aconselho"

18. Disco Elysium

  • Estúdio: ZA/UM
  • Editora: ZA/UM
  • Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, PC

17. The Legend of Zelda: Link's Awakening

  • Estúdio: Grezzo
  • Editora: Nintendo
  • Plataformas: Nintendo Switch

O que Dissemos: "O mais curioso neste remake é constatar que a Grezzo e a Nintendo apenas tiveram de se manter muito próximas do original para tornar apelativo o jogo em 2019. É pena os controlos não terem sido melhor aproveitados e os movimentos de Link expandidos para 360º, mas uma grande parte da qualidade de Zelda: Link's Awakening reside na fidelidade ao original. Um jogo pensado para desafiar o jogador e o fazer sentir inteligente quando avança. Zelda: Link's Awakening vai exigir a tua atenção e não te dá a mão, recompensando-te com uma adorável aventura."

"Uma nostalgia voltar a jogar este jogo. Jogabilidade muito boa e um mundo encantador. :)" - andrecastilho

swrutra disse: "Um jogo de 1993 com gráficos de 2019? Sim, mas é prova do excepcional talento da Nintendo para criar fórmulas de jogo transcendentais em que só mesmo os gráficos ficam desactualizados. Uma boa oportunidade tanto para as novas gerações como para fãs de longa data verem o seu acarinhado clássico renovado."

gargles disse: "Nem sempre uma lenda envelhece bem. Felizmente, há excepções. Link's Awakening é uma delas. A Grezzo achou que não compensava tocar muito na obra do Game Boy, adicionando apenas um fraco modo de personalização de dungeons e um aspecto encantador. Acharam bem porque mesmo em 2019, o jogo de 1993 mostrou estar para as curvas. As lamentações justas de um preço elevado para um remake sem novo conteúdo significativo não mancham uma obra verdadeiramente intemporal."

Publicidade

Salta para os comentários (56)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Rumor: Cyberpunk 2077 adiado devido às actuais consolas

Especialmente devido à qualidade na Xbox One.

Rumor: Sony prepara novo jogo de terror para a PS5

É uma nova propriedade intelectual.

Project: Mara é o novo jogo experimental da Ninja Theory

Uma credível representação de terror mental.

Director de Final Fantasy 14 elogia Phil Spencer

Esforçou-se para ter o jogo na Xbox.

Também no site...

Comentários (56)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários