Série The Witcher foi inspirada pelo filme Dunkirk

Obra de Christopher Nolan teve influência na estrutura da série.

Esta notícia contém ligeiros spoilers para a série The Witcher da Netflix.

A série The Witcher Season 1 estreou a 20 de Dezembro na Netflix e desde então que se tornou num dos temas mais discutidos no mundo do entretenimento.

Henry Cavill dá vida a Geralt of Rivia, numa série adaptada por Lauren Schmidt Hissrich, que falou sobre uma inesperada inspiração que resultou num dos elementos mais marcantes da série.

Além do elenco, dos monstros e das fantásticas sequências de luta, algo que está a liderar os temas de conversa entre os espectadores é a estrutura da série e a combinação de três linhas temporais.

Segundo partilhado por Hissrich, isso foi inspirado pelo filme "Dunkirk" de Christopher Nolan.

Em conversa com o Collider, a principal responsável pela adaptação partilhou essa inspiração e o porquê da aposta nesta estrutura.

"Escondemos isso de propósito, mas qualquer fã vai-te dizer, consoante junta as peças, 'A Ciri não estava viva durante essas histórias' e foi por isso que o fizemos."

"Começou num local muito prático, existem histórias em 'O Terceiro Desejo' que eu queria adaptar, mas faltava-nos dois dos principais personagens nessas histórias e para mim era igualmente importante apresentar Ciri e Yennefer o mais cedo possível na série. São personagens muito intrigantes e fazem tão parte da jornada de Geralt quanto o próprio Geralt."

"Por isso, queria dar-lhes uma forma completa e dar-lhes os seus próprios desejos e jornadas antes de conhecerem Geralt. Fiquei perante um dilema, 'Como faço ambas as coisas?'"

"Então vi o filme Dunkirk e li uma entrevista com o Christopher Nolan e ele falava das suas linhas temporais, também existem 3 linhas temporais nesse filme. Uma delas é apenas um dia, a outra uma semana e outra um mês. São três tempos diferentes, mas quando ele falava da criação do filme disse que 'se as contasse por ordem, dirias que a missão que dura um dia era a parte menos importante do processo quando na verdade é tão importante quanto a que durou um mês.'"

Perante isto, Hissrich disse que teve um momento de iluminação e descobriu finalmente como queria contar a narrativa da série, por mais difícil que fosse e até confuso para algumas pessoas.

Juntamente com a sua equipa de escritores, trabalhou para contar a história dessa forma e para dar igual importância às três personagens que são, de certa forma, parte da personalidade de Geralt of Rivia.

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

O que estamos a jogar - 26 Setembro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

As melhorias feitas para Alan Wake Remastered

Remedy mostra vídeo a comparar com o original.

Recomendado | Lost Judgment review - noir contemporâneo fascinante

Uma das melhores experiências narrativas do ano.

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários