Razer Viper Ultimate - Review - perfeição wireless

Mas as perfeição tem um custo!

O Razer Viper é actualmente um dos ratos mais avançados para gaming que podes encontrar nas lojas. Aliás, na review do Razer Viper que publicamos em Outubro, dissemos que era um Ferrari dos Ratos. Pode parecer uma descrição exagerada, mas assim que a tua palma da mão assenta neste rato, sentes que segue a mesma filosofia de design e desempenho dos super carros: rápido, leve, responsivo e altamente preciso.

Entretanto, chegou às lojas o Razer Viper Ultimate, que é basicamente uma versão wireless do Razer Viper. Para aqueles que procuram desempenho sem compromissos, os ratos wireless são geralmente considerados piores por duas razões: a comunicação entre o rato e o PC é mais demorada e pode haver interferência na comunicação causada por outros dispositivos sem fios. Além disso, um rato wireless precisa de bateria, o que pode prejudicar o design e também o peso do dispositivo.

Quais as diferenças do Razer Viper Ultimate?

Apesar dos compromissos referidos acima que podem afectar um rato wireless, com o Viper Ultimate a Razer conseguiu evitá-los a todos. É por isso que o Razer Viper Ultimate é um rato wireless tão impressionante. Vejamos a questão do peso: a versão normal do Viper pesa 69 gramas; a versão wireless do Viper pesa 74 gramas, ou seja, apenas houve um aumento de 5 gramas no peso, apesar da adição de uma bateria. É uma diferença praticamente imperceptível. O design permaneceu completamente inalterado (exceptuando algumas diferenças na parte inferior). Vistos de cima, é impossível distinguir os dois modelos, não fosse pela ausência do fio na versão Viper Ultimate.

razer_viper_ultimate_review_2
O Viper Ultimate vem com uma dock de carregamento.

Sendo um rato alimentado a bateria, o Viper Ultimate traz uma dock minimalista (equipada com o sistema Razer Chroma cuja iluminação pode ser personalizada). Com apenas um carregamento, a bateria pode ir até 70 horas de longevidade. Se jogares entre duas a três horas por dia, com um carregamento podes jogar durante três semanas ou quase um mês sem recarregar o rato. Mesmo que jogues dez horas por dia, só tens que recarregar a bateria uma vez por semana. A dock é apenas uma forma de recarregar a bateria, já que o Viper Ultimate pode ser recarregado directamente por fio através de uma entrada mini-USB na parte frontal.

Na parte inferior do Viper Ultimate há mais diferenças. A versão wireless tem um botão de ligar / desligar, dois orifícios para encaixar na dock e recarregar a bateria e um compartimento para a pequena pen USB que têm de inserir directamente no PC ou na dock para que o rato funcione. Um pequeno pormenor, mas que fez diferença na minha experiência, são as novas bases do rato (cada uma em cada canto). As novas bases, feitas do mesmo material usado em panelas anti-aderentes (isto é a sério), deixam que o Viper Ultimate deslize suavemente em qualquer tapete. Utilizando ambos os ratos no mesmo tapete, senti que o Viper Ultimate desliza com menor esforço.

razer_viper_ultimate_review
O Razer Viper Ultimate (à direita) tem novas bases que deslizam melhor nos tapetes de rato

O novo sensor de 20 000 DPI da Razer

O Razer Viper Ultimate vem com o novo sensor Focus+ da Razer. Diferente da versão normal do Viper, que tinha um sensor de 16 000 DPI, o Razer Viper Ultimate tem um sensor de 20 000 DPI. Na tecnologia, mais geralmente significa que é melhor - e neste caso é verdade - mas é preciso ter capacidades sobrenaturais para usar um rato definido para 16 000 DPI, quanto mais 20 000 DPI. É por isso que por padrão, o Viper Ultimate vem com cinco definições de DPI que podem ser alteradas rapidamente através de um botão na parte inferior do rato: 400, 800 (padrão), 1600, 2400 e 3200. O utilizador pode, contudo, alterar estas definições através do software Razer Synape.

Outra das novas características do novo sensor é a velocidade de tracking de 650 IPS (Polegadas Por Segundo). Porque é que isto é importante? Todos os ratos têm um limite em que, a partir de uma determina velocidade, deixam de registar os pontos de movimento. O sensor da versão normal do Viper tem uma capacidade de 450 IPS, o que significa que a Razer conseguiu superar os próprios limites com o novo sensor Focus+. De acordo com a marca, o Viper Ultimate tem uma precisão de 99.6%, mais do que o Deathadder, considerado um dos melhores ratos de gaming de sempre e que tem uma precisão de 96.4%.

razer_viper_ultimate_review_5
Consegues descobrir diferenças entre o Viper e o Viper Ultimate?

Há que também destacar as tecnologias Smart Tracking, Asymmetric Cut-Off, Motion Sync. A primeira permite que o Razer Viper Ultimate se ajuste automaticamente a qualquer tapete de rato - isto é importante porque os tapetes de rato têm diferentes texturas na superfície, o que significa que tens de alterar a calibração se trocares de tapete de rato. Asymmetric Cut-Off é uma definição que estabelece qual a distância em que o sensor começa a ler novamente a superfície depois de levantares o rato - idealmente, a distância é a menor possível. Por fim, o Motion Sync é uma técnica que sincroniza o envio de sinais do rato com o PC, resultando num rato mais responsivo e preciso.

As vantagens do Razer HyperSpeed Wireless

A tecnologia wireless do Viper Ultimate é diferente daquela que encontras noutros ratos, por isso é que a taxa de resposta está abaixo dos 2 milissegundos - é a taxa de resposta mais baixa do mercado. O que a Razer fez foi optimizar o protocolo de comunicação entre o rato e o PC, de forma a reduzir o tempo de resposta entre os dois. Para reduzir ainda mais a taxa de resposta, a Razer usa uma frequência ultra rápida. Isto tem ainda outra vantagem, que é redução no consumo de bateria - por isso é que a bateria do Viper Ultimate dura 70 horas com uma recarga.

"A taxa de resposta está abaixo dos 2 milissegundos"

No processo de comunicação a Razer também melhorou a sua tecnologia de frequência adaptativa. O que esta tecnologia faz é analisar as redes de comunicação a cada milissegundo, procurando interferências. Deste modo, o rato consegue evitar automaticamente frequências com interferências, para que não haja nenhuma interferência com a comunicação. Numa era em que temos smartphones, routers, colunas bluetooth e outros dispositivos sem fios na nossa casa, é importante que o Viper Ultimate consiga evitar as interferências e não comprometa nunca o desempenho do jogador.

razer_viper_ultimate_review_7

Qual é a sensação de usar o Viper Ultimate?

Com as questões técnicas já discutidas e explicadas, falta saber se na prática fazem realmente diferença. O Viper Ultimate é um rato que, arriscamos dizer, está muito perto da perfeição. A diferença, comparativamente a outros ratos de gaming, está precisamente nos pequenos pormenores. O design ultra-leve, aliado às novas bases e ao sensor altamente avançado, elevam a experiência de jogar para outro patamar. Já tínhamos tido esta experiência com a versão normal do Viper e repete-se aqui com a versão wireless.

É um óptimo sinal - a Razer conseguiu de facto criar uma sem fios sem comprometer o desempenho. Na perspectiva de alguém que usou o Viper normal durante dois meses seguidos, a transição para a versão sem fios foi suave. Não reparei em nenhuma diferença ou compromisso. O preço é o único ponto negativo do Viper Ultimate. Por muito boa que seja a experiência, €169.99 ainda é um preço elevado para pagar por um rato gaming (é um aumento de €80 comparativamente à versão com fios).

Prós: Contras:
  • Pesa 74 g, apenas mais 5 g do que a versão com fio
  • Design ergonómico e ambidextro
  • Bateria de alta longevidade, com 70 horas numa só recarga
  • Rápido, preciso e responsivo
  • Dock minimalista
  • €169.99 é um preço elevado

Publicidade

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Razer Viper - Análise - O Ferrari dos ratos

Cliques ultra-rápidos para quem procura o melhor.

Digital FoundryNvidia GeForce RTX 2080 Super - Análise - Evolução, não revolução

Mais núcleos, mais frequências e RAM melhorada - mas será assim tão rápida?

Também no site...

Conferências Gamescom 2019 - Confere as datas e horas

O teu guia para o maior evento de videojogos do ano.

A Switch Lite tem melhor bateria

É ainda mais pequena e leve que o modelo original.

A Switch Lite não veio para substituir a 3DS

Enquanto houver procura, a velha portátil será suportada.

Anunciada a Nintendo Switch Lite

Exclusivamente portátil e mais barata.

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários