A PlayStation continuará a apostar em "experiências espectaculares, focadas nos personagens e narrativa"

Afirma Hermen Hulst.

Recentemente, a PlayStation passou por algumas alterações, desde o novo cargo de Shuhei Yoshida à saída de Shawn Layden, mas a mais importante poderá ser mesmo a nomeação de Hermen Hulst como o líder dos estúdios internos.

É um cargo de alta importância e que poderia antever mudanças na postura da companhia para os seus futuros jogos, mas isso não acontecerá e o empenho permanecerá no mesmo estilo de jogos pelos quais a PlayStation é conhecida.

Hermen Hulst, o novo gestor dos PlayStation Worldwide Studios, foi nomeado como uma das Pessoas do Ano 2019 pelo GI.biz e conversou sobre as suas origens na indústria, do seu passado recente na Guerrilla Games e dos seus desejos para o futuro da PlayStation.

Hulst acredita que aprendeu imenso ao longo dos anos e que tem conhecimento suficiente dos processos para poder liderar o lado criativo da PlayStation, algo que considerou irrecusável.

"Tenho tido imensa sorte por estar rodeado de grande talento na Guerrilla. Estive nas trincheiras com eles, o que me deu imenso conhecimento nos processos criativos e no desenvolvimento. A possibilidade de trabalhar com os nossos outros estúdios foi algo muito difícil de ignorar."

"Sempre trabalhamos num mundo onde as mudanças acontecem rapidamente, tecnologicamente, mas também em termos criativos. Esta pode muito bem ser a era de ouro dos videojogos. Nunca antes existiu esta diversidade de experiências, desde jogos AAA online enormes que exploram mundos futuros a projectos indie altamente pessoais que exploram a condição humana."

"Enquanto PlayStation, temos de providenciar uma plataforma que inclui todas essas diferentes vozes, todas essas diferentes experiências."

Além disso, Hulst, que agora supervisionará todos os estúdios e não apenas a sua Guerrilla Games, afirmou que o objectivo é continuar a apostar no tipo de experiências que apaixonaram milhões de jogadores em todo o mundo.

"Estamos muito dedicados ao tipo de jogos que temos criado nos Worldwide Studios ao longo da última década: experiências grandes e espectaculares, com os personagens e narrativa como foco."

"Continuaremos a criar estes jogos pois adorámos criá-los. E enquanto marca, estamos ansiosos para expandir e começar a incluir e a curar uma nova geração de criadores, que criam novas e diferentes experiências para uma nova geração de jogadores."

Salta para os comentários (50)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Passar o save PS4 de Control para a PS5 exige comprar a Ultimate Edition

Não há forma de o fazer a partir da versão base.

Ghost of Tsushima 2 poderá estar já em desenvolvimento

Sucker Punch procura escritor para trabalhar remotamente num AAA no Japão Feudal..

Também no site...

Comentários (50)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários