Phil Spencer sem interesse no VR para a Xbox Project Scarlett

"É uma experiência isoladora."

A realidade virtual não desempenhará um papel importante na próxima geração da Xbox, diz o patrão da divisão.

Phil Spencer conversou com o Stevivor e disse que os clientes Xbox simplesmente não pedem realidade virtual na sua consola e o próprio não gosta muito do que essa tecnologia significa.

"Tenho alguns problemas com a VR. É isoladora e penso nos jogos como uma experiência comunal, de união. Estamos a responder ao que os nossos clientes pedem e ninguém está a pedir VR".

"A grande maioria dos nossos clientes sabem que se quiserem uma experiência VR, existem locais onde as obter. Vemos o volume delas no PC e noutros locais," diz Spencer.

O patrão da Xbox admite que não há muito dinheiro a ganhar na realidade virtual, "ninguém está a vender milhões e milhões de unidades VR. Penso que poderemos, eventualmente, lá chegar. Mas sim, não será o nosso foco."

1
Halo Recruit para Windows Mixed Reality foi uma das experiências da Microsoft na realidade virtual.

Esta visão é um claro contraste com a da PlayStation, que apostou no PlayStation VR e vendeu mais de 4.2 milhões de unidades. Apesar de ainda não ter confirmado uma nova versão, os rumores em torno de um PSVR 2 para acompanhar a PS5 persistem e poderá voltar a funcionar como um complementou para a sua consola de nova geração.

A Valve, Oculus e Sony são as principais defensoras da realidade virtual e continuam a focar esforços nessa tecnologia. Recentemente, a Valve anunciou Half-Life: Alyx para todos os dispositivos VR PC, apresentando o que poderá ser considerado como o primeiro AAA para a realidade virtual.

Half-Life: Alyx decorrerá entre o primeiro e segundo Half-Life e a Valve parece disposta a usá-lo como uma rampa de lançamento para o regresso da série. Além disso, a própria Valve diz que Alyx será a resposta à questão: "Onde está o grande título VR?"

Salta para os comentários (116)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (116)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários