EA: O cloud gaming vai trazer milhares de milhões de novos jogadores

Acredita que os jogos vão mudar dentro de 5 ou 10 anos.

Os serviços de streaming de videojogos só estão agora a dar os primeiros passos, mas a EA está confiante no potencial da tecnologia para converter mais pessoas em jogadores e aumentar a população global da indústria de videojogos.

De facto, já em 2017 o vice-presidente da EA naquela altura tinha dito que o futuro dos videojogos seria como a Netflix. No ano seguinte, a EA adquiriu uma companhia com tecnologia de streaming de videojogos e em 2019 está a testar o seu próprio serviço, chamado Project Atlas.

Ken Moss, o actual chefe de tecnologia na EA, disse ao GamesIndustry no evento X019 da Microsoft que não olha para os outros serviços de streaming como concorrentes, comentando que quer apenas "levar as aprendizagens para os nossos estúdios, dando-lhes as informações de como precisamos de evoluir as nossas plataformas centrais como o Frostibte e os nossos serviços de IA".

A EA diz que não quer concorrer directamente com a Google, PlayStation e Microsoft com o seu serviço de streaming, o Project Atlas.

Ninguém consegue prever o futuro, mas Ken Moss disse que "acredito mesmo que estas forças - a cloud e a IA - vão mudar tudo nos jogos". Essa mudança vai acontecer dentro de 5 ou 10 anos, permitindo aos jogadores que joguem quando quiserem, onde quiserem e com quem quiserem.

"Como o cloud gaming vai evoluir permanece incerto por agora, mas vai trazer mais outro milhar de milhão de jogadores para o mundo dos jogos. Dizemos que estamos em 2.6 mil milhões de jogadores neste momento. Queremos assegurar que estamos na frente, mas também que estamos a aprender cedo para sabbermos como mudar os nossos jogos para esse mundo," disse o chefe de tecnologia da EA.

A Google e a PlayStation são neste momento as únicas companhias com serviços operacionais de gaming através da cloud. A Microsoft está neste momento a testar seu serviço, Project xCloud. Apesar destes serviços, tanto a Microsoft como a Sony mantém os seus planos para lançar novas consolas em 2020.

Salta para os comentários (33)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (33)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários