Pokémon Company procura quem divulgou informações de Pokémon Sword e Shield antes do lançamento

Os advogados querem apanhá-los todos.

A Pokémon Company International iniciou uma nova jornada com a missão de apanhar todos os que revelaram antecipadamente informações sobre Pokémon Sword e Pokémon Shield.

Os mais recentes jogos da Game Freak chegaram às lojas a 15 de Novembro e bateram recordes em todo o mundo, mas nos dias anteriores ao lançamento surgiram diversas polémicas originadas por informações reveladas antecipadamente.

Agora, segundo revelado pela Forbes, a companhia quer descobrir a fonte destas informações e como obtiveram acesso às imagens de criaturas que, na altura, ainda não tinham sido reveladas oficialmente.

A partir de 1 de Novembro, surgiram em diversos sites e redes sociais, como Twitter ou Facebook, imagens retiradas do Guia de Estratégia oficial que avançavam informações como versões Gigantamax de alguns Pokémon, mas a sua origem é o Discord.

Os advogados da Perkins Coie, empresa contratada pela Pokémon Company International, querem agora descobrir os responsáveis por afirma que a fuga de informações causou "danos irreparáveis" à marca Pokémon e à companhia, que procura ser recompensada.

De momento, após contratar especialistas forenses, foram identificados 4 utilizadores do Discord envolvidos na fuga de informações, avança o Forbes. Agora, os advogados vão pedir a ajuda do Discord e 4Chan para encontrar os responsáveis e espera levar o caso a tribunal.

Salta para os comentários (21)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (21)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários