Microsoft sem planos para exclusivos Project xCloud

Serviço será um complemento.

Na semana passada, um representante da Microsoft afirmou que a companhia estava a conversar com estúdios internos e externos sobre a possibilidade de desenvolver jogos para o Project xCloud, o novo serviço de streaming da companhia.

No entanto, essas afirmações foram agora rectificadas por outro representante, que esclarece a interpretação da Microsoft para o seu serviço de streaming de videojogos: um complemento às consolas que não terá exclusivos.

Na semana passada, Kareem Choudhry da Microsoft disse ao Stevivor que poderiam surgir incentivos para te levar a utilizar o serviço de streaming, como exclusivos feitos a pensar especificamente no Project xCloud:

"Em termos de exclusivos, estamos a iniciar conversas com estúdios internos e externos, mas não temos nada a anunciar. Novos conteúdos e propriedades demoram dezoito a dois anos para desenvolver."

No entanto, perante um pedido de esclarecimentos adicionais do Gamasutra, obrigado ao GI.biz, outro representante da Microsoft confirmou que não existem exclusivos planeados para o serviço de streaming.

"Estamos numa fase muito inicial de uma jornada de vários anos para o Project xCloud, que está actualmente em antevisão pública."

"Estamos a investigar uma variedade de novas capacidades que a nuvem torna possíveis. No entanto, permanecemos dedicamos a uma abordagem de streaming de jogos complementar à consola e de momento não temos planos para conteúdos exclusivos da nuvem."

Se ficaste confuso com a ideia da Microsoft desenvolver títulos unicamente para o Project xCloud é porque, aparentemente, se tratou mesmo de uma confusão.

Salta para os comentários (36)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (36)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários