DLC de Super Smash Bros. Ultimate ajudou a Nintendo a amealhar mais receitas

Formato digital está a gerar cada vez mais dinheiro para a companhia.

A Nintendo está a explorar cada vez mais o formato digital e as receitas que pode obter através do lançamento de conteúdos extra para alguns dos seus maiores sucessos na Switch.

Um dos principais lançamentos para a sua híbrida é Super Smash Bros. Ultimate e segundo revelado por Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, o Fighters Pass foi uma das principais fontes de receita no segmento digital.

Na mais recente apresentação aos investidores, Furukawa falou sobre o crescimento das receitas gradas a partir de conteúdos digitais, em relação ao ano fiscal anterior, mencionando que além dos jogos completos em formato digital, também os DLCs estão a contribuir imenso.

Furukawa diz que os consumidores compram cada vez mais versões digitais dos grandes lançamentos e que isso não está relacionado com medidas específicas da companhia, mas existem três factores importantes para os quais a companhia trabalhou.

O robusto alinhamento de indies e jogos disponíveis exclusivamente em formato digital incentiva mais pessoas a investir na compra de jogos digitais, a venda de DLCs está a aumentar e também está a gerar mais dinheiro com o Nintendo Switch Online. Estes são os três principais factores apresentados pela Nintendo para este crescimento.

Sobre a venda de DLCs, Furukawa mencionou que até agora, The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Splatoon 2 eram os grandes responsáveis por gerar dinheiro, mas agora existe um nome mais forte: Super Smash Bros. Ultimate.

Segundo diz, o Fighters Pass para o jogo fez uma "enorme contribuição" para as receitas digiais da Nintendo.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários