Death Stranding envolto em polémica no Japão devido aos cameos Famitsu

"Se vais aparecer no jogo, não o analises".

Death Stranding, o primeiro jogo de Hideo Kojima enquanto criador independente, está envolto em controvérsia no Japão após os jogadores encontrarem referências à Famitsu dentro do jogo.

Desenvolvido pela Kojima Productions, Death Stranding está repleto de presenças especiais (podes saber mais sobre isso nesta página) e uma delas é Hirokazu Hamamura, anterior editor chefe na revista Famitsu, actualmente o presidente da dona da revista, a Enterbrain, e segundo as palavras do próprio, um representante da revista.

Como provavelmente já sabes, Death Stranding recebeu uma nota perfeita na Famitsu e os fãs questionam agora a integridade da nota após mais uma confirmação da relação de Kojima e Hamamura, algo que já tinha dado que falar quando o editor da Famitsu surgiu numa publicidade de MGS: Peace Walker e a revista lhe deu uma nota perfeita.

Tal como investigado pelo Kotaku, os Japoneses estão agora envoltos numa discussão sobre a legitimidade da crítica apresentada pelos escritores na Famitsu e como a presença não só de Hamamura, mas também da mascote da Famitsu, poderá ser vista como algo de mau gosto.

No jogo, Hamamura é listado nos créditos finais e surge como "O Coleccionador", cujo pai trabalhou como editor numa revista de videojogos e tece vários elogios a Sam pelas suas entregas.

Este Coleccionador diz a Sam que ele "certamente entrará para a lista dos mais famosos" e os jogadores Japoneses acreditam que isto é uma clara alusão à nota que Death Stranding recebeu na revista.

Além desta versão virtual de Hamamura, os jogadores também encontraram Necky the Fox no mundo de Death Stranding e muitos expressaram desconforto com estas referências e a consequente análise ao jogo.

"Dar uma nota perfeita a algo no qual apareces é desagradável," diz um jogadores Japonês.

"Se vais aparecer num jogo, não o analises," diz outro jogador Japonês citado pelo Kotaku.

"Penso que não tem problema ele aparecer no jogo, mas isto precisa ser esclarecido na análise," diz outro.

As análises a Death Stranding na Famitsu não mencionam a presença da mascote ou de Hamamura e este é apenas o mais recente episódio controverso em torno da Famitsu no Japão.

Publicidade

Salta para os comentários (80)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (80)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários