Star Wars Jedi: Fallen Order contou com crunch voluntário

Director explica como abordaram o desenvolvimento.

O crunch tornou-se num dos temas mais controversos desta indústria e é algo com o qual alguns dos mais conhecidos estúdios tiveram de lidar ao longo do desenvolvimento de diversos jogos.

Star Wars Jedi: Fallen Order é o mais recente título da Respawn Entertainment, chegará às lojas a 15 de Novembro e já alcançou a fase gold, e segundo explicado pelo director do jogo, o crunch fez parte do desenvolvimento.

No entanto, segundo explicado por Stig Asmussen, os funcionários realizaram crunch voluntário e não foram forçados a trabalhar longas horas por dia e inacreditáveis horas numa semana.

"Fizemos algo diferente neste jogo, comparado com o que foi feito noutros projectos nos quais estive envolvido," disse Asmussen.

"Projectos nos quais trabalhei no passado, tinham crunch obrigatório, basicamente, diziam a todos 'tens de trabalhar estas horas', e percebemos que não era uma abordagem justa e sustentável."

"Deixamos isso à responsabilidade da equipa, 'olhem, penso que todos cumprem as suas próprias responsabilidades e as suas próprias tarefas e as levam muito a sério, para quê tratar as pessoas como crianças e dizer que têm de estar aqui um certo tempo?'"

"Se vais estar aqui nestas horas extra, é a tua escolha, vamos apoiar-te e assegurar que tens comida, não vamos dizer-te que existem certas horas extra que terás de trabalhar. Podes criar o teu próprio horário e os gestores comprometem-se a esforçarem-se mais e trabalhar mais horas para mostrar que estamos todos juntos nisto."

Asmussen comentou ainda que o crunch voluntário poderá criar pressão nos funcionários para sentirem a responsabilidade de trabalhar mais horas, para não colocar em perigo o emprego, mas diz que frequentemente mandou pessoas para casa, para não se desgastarem em demasia.

"Na Respawn é mesmo muito importante compreendermos que a tua vida fora do trabalho é bem mais importante do que aquilo que fazes no escritório e tentamos respeitar isso."

Publicidade

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Xbox Series X beneficiará de retro-compatibilidade de qualidade superior

Graças a novas técnicas e ferramentas inventadas pela Microsoft.

Demo de Nioh 2 já disponível

Ganha uma recompensa especial.

Governo Espanhol quer regular Caixas de Loot

Quer impedir a ludopatia nos menores.

Também no site...

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários