Um protesto contra a Blizzard vai acontecer na Blizzcon 2019

Gamers for Freedom pede aos jogadores para mostrarem a importância da liberdade.

Naquilo que já pode ser considerado como um dos maiores desastres de Relações Públicas de 2019, a Blizzard decidiu banir um jogador profissional de Hearthstone de Hong Kong que mostrou o seu apoio aos protestos que estão a acontecer naquela cidade.

Depois de mostrar o seu apoio aos protestos de Hong Kong numa transmissão em directo, o jogador Chung "blitzchung" Wai foi alvo de uma penalização da Blizzard, que o baniu durante um ano. O jogador perdeu ainda todo o dinheiro que iria receber do torneio Grandmasters.

Os fãs da Blizzard e de videojogos no geral não gostaram da atitude da Blizzard. Não demorou muito até choverem acusações de que a companhia estava ignorar os seus próprios valores e de se aliar à China para censurar e limitar a liberdade de expressão dos jogadores profissionais.

Em resposta, a penalização de Chung "blitzchung" Wai foi reduzida para 6 meses e o dinheiro que iria receber do torneio restaurado. Mas o mal já estava feito e a reputação da Blizzard não podia estar pior neste momento.

Gamers For Freedom pedem protesto na BlizzCon 2019

O grupo de direitos digitais Fight for the Future, já conhecido por organizar enormes protestos, lançou a página Gamers For Freedom, uma campanha contra a censura da Blizzard. O grupo pede aos jogadores para assinarem uma petição a favor da liberdade de expressão na "América, Hong Kong, China e em todos os lugares onde jogamos".

Não ficando pela petição, o grupo pede um protesto contra a Blizzard na BlizzCon 2019. O símbolo para o protesto será o mesmo dos protestos de Hong Kong: um guarda-chuva. O protesto está marcado para 1 de Novembro e vai durar o dia todo.

"Com jogadores e jornalistas de todo o mundo, a BlizzCon será a oportunidade perfeita para nós mostrarmos à Blizzard quão importante é a liberdade. Traz um guarda-chuva - o símbolo de liberdade em Hong Kong - e junta-te a nós a 1 de Novembro para um dia épico de protestos com centenas de outros jogadores que se importam", está escrito na página do movimento.

protestos_blizzcon_2019

Publicidade

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Pokémon Sword & Shield Review - A série precisa de uma mega-evolução

A transição da Gamefreak para a Switch não é suave.

PS5 ganha forma em vídeo conceptual

DualShock 5 também foi renderizado em 3D.

ArtigoTop 10: As melhores animes de sempre

A animação japonesa continua a encantar.

Disney+ regista 10 milhões de contas no primeiro dia

The Simpsons, The Mandalorian e Moana entre os mais vistos.

Também no site...

Mark Wahlberg será Sully no filme de Uncharted

O actor já chegou a ter o papel de Nathan Drake.

PS5 ganha forma em vídeo conceptual

DualShock 5 também foi renderizado em 3D.

Disney+ regista 10 milhões de contas no primeiro dia

The Simpsons, The Mandalorian e Moana entre os mais vistos.

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários