Razer Viper - Análise - O Ferrari dos ratos

Cliques ultra-rápidos para quem procura o melhor.

Todas as grandes marcas de periféricos têm por norma um batalhão de ratos diferentes. Existem ratos desenhados especificamente para MMOs e que têm imensos botões, ratos com fios, ratos sem fios, ratos mais económicos, ratos mais caros, ratos desenhados para jogos competitivos... enfim, opções de escolha não faltam. Se tivéssemos que colocar o Razer Viper numa destas categorias, seria na última. É um rato concebido para satisfazer quem procura o melhor desempenho, ou seja, com o menor tempo de resposta e a maior precisão possíveis. Mas o Razer Viper não é apenas mais um rato de eSports. Dentro da gama da Razer, é o equivalente a um Ferrari.

Os cliques mais rápidos do Faroeste

Para oferecer aos jogadores a taxa de resposta mais rápida num clique, a Razer implementou a tecnologia mais recente. A actuação óptica é mais rápida e precisa do que a tecnologia convencional. Num rato tradicional, sempre que clicas num dos botões do rato, activas uma mola que dispara o sinal. O inconveniente é que a mola continua a vibrar depois do primeiro disparo, atrasando a resposta e aumentando a probabilidade de duplos registos. A novidade na actuação óptica é que o registo do clique é activado por um laser. Com isto, elimina-se o efeito saltitante da mola, a probabilidade de duplos registos, e ainda se consegue diminuir o tempo de resposta.

Traduzindo para números, quão mais rápido responde o Razer Viper comparativamente a um rato gaming tradicional? São vários os ratos de gaming que afirmam ter uma resposta de apenas 1 milissegundo, mas o Viper consegue ser ainda mais rápido graças à actuação óptica, respondendo em 0.2 milissegundos. Em percentagem, o Razer Viper é 80 porcento mais rápido. Esta resposta ultra-rápida beneficia a tua experiência em todos os jogos e não meramente naqueles que são competitivos. Acho que falo universalmente pelos jogadores quando digo: todos gostamos de jogos responsivos. Com o Viper estás efectivamente a diminuir o tempo de resposta entre o teu clique e o que acontece no ecrã.

"O Viper consegue ser ainda mais rápido graças à actuação óptica, respondendo em 0.2 milissegundos"

Precisão Cirúrgica

Com um sensor 5G de 16,000 DPI (Dots Per Inch) e um polling rate de 1000 Hz (o que equivale a 1 milissegundo de resposta nos movimentos realizados), o Razer Viper é um rato altamente preciso. Em circunstâncias reais, ninguém vai usar 16,000 DPI para jogar. Nesta configuração, o rato torna-se impossível de controlar num ecrã com as resoluções actuais (1080p, 4K e todas as resoluções intermédias entre elas). Não há, contudo, como negar a elevada precisão do Viper, independentemente da configuração que escolherem para o DPI. Para testar isto, recorremos ao software MouseTester, que regista o posicionamento do rato ao longo de um período específico de tempo.

Razer_Viper_1600_cpi

O que estás a ver na imagem em cima é o número de vezes que o sensor do Razer Viper registou a sua posição ao longo de 7 segundos. O teste é realizado fazendo movimentos contínuos no tapete. A linha que une os pontos identifica a precisão. Explicando melhor, quanto mais regulares forem os pontos, melhor. Os resultados da imagem foram obtidos num teste com 1600 DPI (que foi a configuração que escolhemos para usar o Viper no dia-a-dia e para jogar). No entanto, para não deixar margens para dúvidas, realizamos o mesmo teste com 16,000 DPI e os resultados obtidos foram semelhantes: pontos com intervalos regulares que registam um movimento contínuo.

Razer_Viper_3

Design - Pequeno, leve e simétrico

O Viper pesa 69 gramas. É um rato ultra leve que se desloca com o mínimo esforço para onde tu queres. É ligeiramente mais compacto do que o Deathadder, considerado como um dos melhores ratos já feitos para gaming. Como tenho mãos pequenas, não tive qualquer problema em usar o Viper, pelo contrário. A adaptação foi imediata e o conforto uma constante. O Deathadder tem sido o meu rato de eleição durante anos, mas o Viper conseguiu tirar-lhe o lugar. O design é simples, eficaz e intemporal, sem nenhum dos elementos espalhafatosos que tanto predominam nos periféricos de videojogos. O logótipo da Razer só acende quando o PC se liga e, acedendo ao software Razer Synapse, consegues alterar as definições RGB, mudando a cor e o efeito.

razer viper analise

Mas a maior vitória no design do Viper é a simetria. É um rato exactamente igual de ambos os lados, não importando se és destro ou canhoto. Graças ao seu design simétrico, o Viper é uma óptima escolha para qualquer um dos casos. No total, tem oito botões que podem ser personalizados a teu gosto recorrendo ao software da Razer. Do lado direito estão dois botões, acompanhados de uma borracha aderente, e do lado esquerdo exactamente a mesma coisa. Debaixo do rato encontras um botão para alterar as definições de DPI imediatamente. Por padrão, os perfis de DPI que podes seleccionar são 400, 800, 1800, 2400 e 3200 (cada um identificado por uma cor diferente); mas podes alterar isto facilmente no Razer Synapse.

"É um rato exactamente igual de ambos os lados, não importando se és destro ou canhoto"

Razer Viper - Análise - O Veredicto

Testámos o Viper sobretudo em jogos de tiros. Começamos por Control, depois Gears 5, passando por Borderlands 3 e agora Destiny 2: Shadowkeep. Em termos de falhas ou defeitos, não temos nada a apontar. Durante o nosso extenso período de testes, o Razer Viper comportou-se lindamente. É rápido, responsivo, ergonómico, e sóbrio no design; basicamente tudo aquilo que poderias desejar num rato.

O facto de ser um Ferrari dos ratos acarreta um preço mais elevado do que as outras opções com fio da Razer: o Viper custa €89,99. São mais €10 do que o Deathadder Elite ou mais €40 do que o Deathadder Essential (uma versão mais económica deste modelo). No entanto, nenhum dos Deathadder conta ainda com a tecnologia de actuação óptica. Com acontece com toda a tecnologia, o que é mais recente é mais caro. Neste sentido, o preço do Viper é justificado. Existe um preço a pagar por aquilo que é melhor.

Prós: Contras:
  • Cliques ultra-rápidos (resposta em 0.2 milissegundos)
  • Leve, ergonómico e fácil de manejar
  • Design simétrico; pode ser usado por destros e canhotos
  • Botão físico para alterar instantaneamente o perfil de DPI
  • Melhor que o Deathadder Elite
  • 404 não encontrado

Publicidade

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (12)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (12)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários