Google diz que o Stadia será mais rápido do que hardware local

Terá melhor resposta dentro de alguns anos.

A Google está altamente entusiasmante com o Stadia e acredita que eventualmente, o serviço por streaming será mais rápido e terá melhor resposta do que hardware local.

Em conversa com a Edge, via PCGamesN, Madj Bakar, vice presidente de engenharia na Google, disse que o seu serviço de streaming será mais rápido o que os sistemas de videojogos do futuro, por mais poderosos que estes se possam tornar.

A Google acredita que o seu serviço de streaming lhe poderá assegurar a superioridade na indústria dos videojogos.

"Acreditamos que dentro de um ou dois anos, teremos jogos que correm com melhor resposta e mais rápido na nuvem do que localmente, independente do quão poderosa é a máquina local," disse Bakar.

Segundo o engenheiro da Google, a "latência negativa" será o factor que permitirá contornar a latência entre jogador e servidor, uma tecnologia que efectuará uma previsão da latência e se ajustará rapidamente para reduzir a latência entre comandos e ecrã.

O Google Stadia poderá ganhar a capacidade de prever o botão que vais pressionar antes de o pressionar e efectuar esse gestor por ti, para que a experiência se sinta o mais fluída possível.

O serviço de streaming chegará em Novembro, mas Portugal e Brasil não fazem parte da lista de países incluídos na lista de 2019.

Publicidade

Salta para os comentários (52)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (52)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários