Google diz que o Stadia será mais rápido do que hardware local

Terá melhor resposta dentro de alguns anos.

A Google está altamente entusiasmante com o Stadia e acredita que eventualmente, o serviço por streaming será mais rápido e terá melhor resposta do que hardware local.

Em conversa com a Edge, via PCGamesN, Madj Bakar, vice presidente de engenharia na Google, disse que o seu serviço de streaming será mais rápido o que os sistemas de videojogos do futuro, por mais poderosos que estes se possam tornar.

A Google acredita que o seu serviço de streaming lhe poderá assegurar a superioridade na indústria dos videojogos.

"Acreditamos que dentro de um ou dois anos, teremos jogos que correm com melhor resposta e mais rápido na nuvem do que localmente, independente do quão poderosa é a máquina local," disse Bakar.

Segundo o engenheiro da Google, a "latência negativa" será o factor que permitirá contornar a latência entre jogador e servidor, uma tecnologia que efectuará uma previsão da latência e se ajustará rapidamente para reduzir a latência entre comandos e ecrã.

O Google Stadia poderá ganhar a capacidade de prever o botão que vais pressionar antes de o pressionar e efectuar esse gestor por ti, para que a experiência se sinta o mais fluída possível.

O serviço de streaming chegará em Novembro, mas Portugal e Brasil não fazem parte da lista de países incluídos na lista de 2019.

Publicidade

Salta para os comentários (54)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (54)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários