Estúdio português lança jogo da série 3% da Netflix

Só funciona com assistentes de voz, como a Alexa e Google.

A série 3% da Netflix tem agora uma adaptação aos videojogos. O que seguramente não sabias é que foi desenvolvida por uma empresa portuguesa.

O Desafio 3% - ou 3% Challenge na versão em inglês - é um jogo desenvolvido pela Doppio e apenas compatível com os assistentes de voz. Podes jogar de momento através da Alexa da Amazon ou Google Assistant. Está disponível tanto em português como inglês.

A Doppio desenvolveu o jogo em colaboração com Pedro Aguilerra, o showrunner da série, e Bianca Comparato, a actriz que na série faz o papel de Michele. O Desafio 3% é um jogo puramente auditivo, propondo novos desafios semanais aos utilizadores (como por exemplo, ordenar sons).

Para jogares, tens que ter instalado a aplicação da Alexa ou Google Assistant no teu smartphone. Todas as semanas vais receber novos desafios de Michele, com o propósito de preparar-te para o "processo". Conforme o seu desempenho, os participantes serão colocados num ranking. Os melhores terão recompensas para usar na semana seguinte.

Jeferson Valadares, diretor executivo da Doppio, recorda "Quando conheci a Bianca tivemos a ideia de desenvolver algo à volta da série e começámos a trabalhar com a empresa de produção dela (Rio Games), com o Pedro Aguilera (showrunner da série) e com a Netflix".

Foi graças a esse primeiro encontro que surgiu o Desafio 3%. Tanto a Google como a Amazon investiram no projecto em Julho de 2019. Este é apenas o segundo jogo da Doppio, mas é o primeiro a ser lançado em duas plataformas e em duas línguas.

The_3__Challenge_home_screen

Publicidade

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (0)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários