Não és obrigado a matar cães em The Last of Us: Part 2

Esclarece o director do jogo.

Uma das novidades de The Last of Us: Part 2 é a introdução de cães como inimigos.

Os cães não aparecem sozinhos, estão sempre juntos dos adversários e conseguem detectar o teu rasto. Se fores detectado, os inimigos vão soltar os cães, que te atacam violentamente, mordendo os teus braços e pernas.

Apesar dos cães de atacarem, não és obrigado a matá-los, esclareceu Neil Druckmann, o director de The Last of Us: Part 2. Aliás, na maioria das secções do jogo, podes optar por não matar inimigos, optando por passar aquela zona em stealth.

The Last of Us: Part 2 será lançado a 21 de Fevereiro para a PS4. Lê a nossa antevisão de The Last of Us: Part 2 para mais detalhes.

Salta para os comentários (20)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

"O número de AAA gigantescos vai diminuir", afirma Kojima

Acredita que jogos vivos serão mais sustentáveis.

Mais de 10 milhões de pessoas descarregaram as ofertas Play at Home

Uncharted: Nathan Drake Collection e Journey foram oferecidos em Abril pela Sony.

Também no site...

Comentários (20)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários