Spyro Reignited Trilogy na Switch é uma combinação fantástica

Diversão em qualquer lugar.

De uma forma inesperada, este Verão ficou marcado pela Activision e pela Nintendo Switch, graças ao regresso de aclamados jogos do passado que foram actualizados para a era moderna. Depois de começar o Verão com Crash Team Racing: Nitro-Fueled, uma das minhas grandes companhias nestes últimos 3 meses e muito provavelmente um dos jogos mais divertidos do ano, dou por mim novamente agarrado à híbrida e com um jogo da Activision.

Desta vez, o culpado é Spyro Reignited Trilogy, uma compilação com remakes dos três primeiros jogos lançados originalmente na PS1. Disponível desde Novembro de 2018 na PlayStation 4, PC e Xbox One, Reignited Trilogy chegou agora à Nintendo Switch e entrega à popular híbrida mais uma encantadora proposta para todos os adeptos dos jogos de plataformas. A Switch é uma plataforma riquíssima em termos de jogos de plataformas, mas agora ficou ainda melhor.

A trilogia original de Spyro marcou a infância de milhões de jogadores, que ainda hoje relembram com carinho o tempo que passaram com estes jogos. Jogar a Spyro Reignited Trilogy é verdadeiramente especial pois sentirás com grande facilidade que os jogos encaixam que nem uma luva numa plataforma da Nintendo. De diversas formas, podes dizer que é um voo perfeito de Spyro.

Tal como a grande maioria dos aclamados jogos de plataformas dos anos 90, o foco não está na violência ou em derrotar adversários que se metem à tua frente. Está em descobrir como alcançar novos locais com um leque restrito de movimentos e como navegar pelos coloridos cenários em 3D - uma sublime novidade que marcou a segunda metade dessa década. O pequeno e bem humorado dragão lilás percorre diversos níveis (que vão crescendo de tamanho e complexidade a cada nova zona que alcanças) para apanhar pedras preciosas, despertar dragões e obter alguns itens especiais.

Spyro combina na perfeição com a Switch

Spyro the Dragon, Spyro 2: Ripto's Rage! e Spyro: Year of the Dragon são três jogos que primam pelo seu design de níveis simples, mas capaz de te desafiar. Os seus coloridos mundos e tom da experiência fazem com que seja fácil ficar rendido ao charme de Spyro. É difícil pegar em Spyro e não ficar com um sorriso na cara. Mostra que os jogos não precisam ser complicados ou obrigatoriamente difíceis para te agarrarem. Um design inteligente, bem executado e uma identidade adorável podem ser o suficiente.

É precisamente por isso que senti que estava perante um par perfeito: Spyro encaixa de forma altamente natural na identidade da Switch. O conceito de uma portátil que podes levar contigo para qualquer lugar, capaz de se ligar à tua TV, permite que leves estes três jogos para qualquer lado e os mostres a qualquer pessoa. Para quem cresceu com estes jogos e no entretanto já é pai, poderá partilhar as suas memórias enquanto vê os seus filhos a descobrir a nova versão dessas experiências clássicas.

Como estás perante jogos pensados para a PS1, vindos de uma era menos complexa e já com longos anos em cima, existem alguns elementos da sua estrutura que até se adequam muito bem a uma experiência portátil. Falo dos hubs com as portas para os diversos níveis. Desta forma, os jogos Spyro podem ser jogados em curtas sessões, se assim quiseres, mas também te podem manter entretido durante sessões mais longas. Muitos fãs dizem que o maior mérito desta Sypro Reignited Trilogy é comprovar o apelo intemporal dos jogos originais e na Switch essa sensação é ainda mais reforçada, graças ao modo portátil.

Não é complicado divertir

Enquanto saltas, planas ou cospes fogo nas novas versões dos clássicos níveis imaginados pela Insomniac Games, descobrirás uma súbita vontade em cumprir com os requisitos adicionais para desbloquear mais pontos de habilidade, encontrarás ainda uma vontade inexplicável de encontrar todas as pedras preciosas e dragões, para cumprir todos os objectivos. Os jogos Spyro são muito engenhosos e a simplicidade do gameplay apenas significa que te sentirás com vontade de enfrentar os seus maiores desafios, mesmo que tenhas de repetir imensas vezes algumas secções não tão simples.

Desenvolvido com o Unreal Engine 4, esta Spyro Reignited Trilogy vai-te espantar em modo portátil e apesar das concessões visuais serem perceptíveis, não deixará de surpreender o quão coloridos e detalhados os níveis permanecem. É um grande prazer jogar estes jogos em modo portátil e nesta versão Switch apenas reclamo dos problemas na performance. Ocasionais soluços que estragam a fluidez e incomodam.

Spyro Reignited Trilogy ganha uma inesperada energia na Nintendo Switch através do modo portátil e pela naturalidade com que se encaixa no slogan escolhido para a híbrida. A opção de jogar estes clássicos renovados em modo portátil tornou-se numa grande fonte de diversão e continuarei ao longo das próximas semanas a tentar obter tudo o que há para apanhar nestes três clássicos memoráveis. Se preferires maior fidelidade gráfica, poderás optar pelas outras versões, mas se te imaginas esticado numa esplanada a planar e a cuspir fogo, ficarás encantado com esta versão.

Publicidade

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (9)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários