Editora indie deixa grandes elogios ao Xbox Game Pass

Não acreditava no serviço, mas ficou rendida.

A editora No More Robots, especializada em jogos indie, teceu grandes elogios ao Xbox Game Pass, popular serviço por subscrição da Microsoft para a Xbox One e PC, confessando que ao contrário do que esperava, gerou imensa visibilidade e sucesso para o seu jogo.

Mike Rose, fundador da editora, partilhou que estava reticente sobre a colocação de Descenders, jogo desenvolvido pela Rage Squid, no serviço da Microsoft, mas diz que, por enquanto, o Xbox Game Pass apenas trouxe benefícios.

Numa conversa com o GamesIndustry, Rose comentou que o objectivo é colocar os jogos no maior número de plataformas possíveis, mas com a ajuda da Microsoft, conseguiu um efeito inesperado para Descender.

Descender chegou ao Game Pass em Maio de 2019 e Rose não estava convencido sobre colocar o jogo no serviço, mas após conversar com pessoas da Xbox, disse que foi convencido a, pelo menos, experimentar.

"Após todas as minhas queixas no Twitter, pessoas da Xbox chamaram-me e conversaram comigo sobre isso. Pensei, 'ok, é justo, mas ainda assim, gostaria de ver isso.'"

"Desde que Descender chegou ao Game Pass, a coisa que não imaginava que iria acontecer - pois presumes que colocas algo no Game Pass e as vendas afundam, certo? Eu presumi que: porque iria alguém comprar um jogo quando o podem ver no Game Pass?"

"Ficamos a pensar, devemos fazer isto do Game Pass? Mas fizemos, a versão 1.0 foi lançada e penso que o lançamento foi três vezes superior ao lançamento Early Access no Steam...Podes dizer que foi a introdução do multi-jogador ou a saída do Early Access e por isso foi comprado por mais pessoas. Mas a maior surpresa para mim foi o Game Pass."

Rose diz que quando ouviu Phil Spencer, patrão da Xbox na Microsoft, dizer que o Xbox Game Pass ajuda a vender jogos ao invés de canibalizar vendas pensou que era uma grande treta, mas agora diz que é verdade.

"Graças a isso, durante o mês de lançamento, as nossas vendas Xbox - sem descontos ou qualquer coisa dessas - quadruplicaram, e agora são três vezes superiores. É basicamente uma publicidade; uma publicidade."

O gestor da No More Robots diz ainda que a equipa da Xbox lhe pergunta se pode usar Descenders para promover o Xbox Game Pass e que nem sequer pensa duas vezes, concorda de imediato.

Descenders já foi jogado por mais de 600,000 pessoas e o Game Pass ajudou imenso a chegar a esse valor, algo que encantou Rose e o deixou entusiasmado com o serviço, mesmo que acredito que o sol que brilha sobre o Xbox Game Pass possa ser temporário e mais benéfico para a Microsoft.

"O que acontece é que atinge um pico e depois desce, porque nesse ponto entra a saturação."

"Seria de imaginar que dentro de um ano todas as pessoas com modelos de subscrição vão oferecer menos dinheiro para aderires. Afinal de contas, porque é que precisam pagar tanto? Pensarias que os números vão descer, o que lhe tira o valor para as pessoas, mas depois nessa altura todos estão lá e por isso, tu terás de estar lá."

Salta para os comentários (23)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Trailer de Gran Turismo 7 é dedicado à Porsche

A lendária marca alemã estará presente no jogo.

O que estamos a jogar - 19 Setembro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Gran Turismo 7 usa o mesmo sistema de danos de GT Sport

Polyphony Digital confirma que usa a mesma tecnologia.

Forza Horizon 5 não terá demo

A Playground Games confirma.

Também no site...

Comentários (23)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários