Kratos esteve perto de ficar de fora do God of War de 2018

"Pensamos que 'ele é chato, está acabado.'"

Kratos parece ser uma parte imprescindível da série God of War, mas na verdade, a Sony Santa Monica pensou em descartá-lo no início do desenvolvimento de God of War, que foi lançado em Abril de 2018 na PlayStation 4.

Cory Barlog, director do aclamado exclusivo PS4, esteve presente no evento Gamelab em Barcelona, onde falou sobre a mudança de direcção na série e como Kratos esteve perto de levar com o machado.

"No início, as pessoas diziam que tínhamos de nos livrar do Kratos. Diziam que, 'ele é chato, está acabado'."

Barlog explica que quando Kratos surgiu, era um anti-herói numa altura em que os jogos com anti-heróis eram escassos e o personagem foi pensado para que as pessoas não gostassem dele.

Após três jogos com Kratos, alguns membros da equipa sugeriram um novo protagonista e que God of War não é Kratos, mas sim a mitologia Grega. Pelo outro lado, Barlog defendeu uma história de redenção, sobre salvar este homem dos seus piores impulsos.

"Eles não gostavam mesmo nada do personagem. Queriam um novo personagem. Demorou para os convencer que era uma boa ideia."

Atreus, um dos elementos principais do jogo e a razão para Kratos mudar, também esteve perto de ficar de fora do jogo pois a equipa não gostou nada da ideia dele ter um filho.

Cory_Barlog
Cory Barlog durante a E3 2018. (É o da direita).

A "velha guarda" na Sony Santa Monica estava preocupada com o que isso significaria para o jogo, mas Barlog deu o exemplo de The Last of Us da Naughty Dog sobre como um companheiro in-game poderia resultar e não prejudicar a experiência do jogador.

A meio do desenvolvimento, a pressão para se livrarem de Atreus aumentou pois os programadores e animadores estavam a sentir dificuldades com o tempo e recursos para dar sentido ao seu papel no jogo.

"A dada altura, íamos cortar completamente o Atreus. Na sua maioria devido ao orçamento," disse Barlog que explicou ainda que, por precaução, tinha preparado uma versão do jogo sem Atreus, mas que nunca foi apresentada aos gestores do estúdio.

Barlog diz que o tempo que passou fora da Sony, especialmente o trabalho ao lado de realizadores de filmes ajudou imenso a inspirar esta nova versão de God of War, juntamente com o facto do próprio ter sido pai.

"Demorou alguns anos a assimilar isso, e quando voltei à Sony, pensei que a melhor coisa que tinha acontecido na minha vida foi o nascimento do meu filho."

Publicidade

Salta para os comentários (49)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Gameplay de Marvel's Avengers escapa para o Youtube

Alguém filmou secretamente a demo gameplay da Comic-Con.

MMO gratuito DC Universe Online ganha data de lançamento na Switch

Não podes transferir o progresso de outras versões.

Também no site...

Comentários (49)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários