Assassin's Creed 3 Remastered corre a 1080p nativa na Switch, mas sem a nova iluminação

Também não inclui texturas de resolução superior.

Assassin's Creed 3 Remastered está finalmente disponível na Nintendo Switch, mas poderá não ser um verdadeiro remaster, como poderias esperar. As comparações com as outras versões mostram que visualmente, está mais próximo das versões de anterior geração, desprovido das novas funcionalidades de renderização existentes na PS4, PC e Xbox One.

Na Switch, o jogo ocupa 13.6GB, enquanto na PS4 ocupa 45GB, uma grande diferença que te poderá deixar a pensar no que foi cortado. Segundo explicado pelo Digital Foundry, o jogo corre a 1080p nativa quando jogas na dock e a 720p nativa quando jogas em modo portátil, mas não apresenta as grandes novidades deste remaster.

Além da anti-aliasing reduzir um pouco a nitidez da imagem e da qualidade inferior nas sombras e oclusão ambiental, que introduzem um brilho que torna a qualidade visual inferior à das outras versões, Assassin's Creed 3 Remastered na Switch não apresenta o novo sistema de iluminação.

"As outras versões de actual geração receberam interacções de iluminação e materiais fisicamente mais correctos, seja nas faces, roupas ou tijolos. Tudo mudou. A Switch corre sem estas melhorias e até mesmo o mapeamento extra de tons e brilho nas luzes do auditório desapareceram. Não conseguir evitar de notar que as texturas de maior resolução presentes nas outras versões do remaster não estão presentes, favorecendo aqui um mapeamento com qualidade de anterior geração."

O Digital Foundry indica ainda uma outra diferença, que diz respeito ao pop-in de objectos no mundo aberto e reflexos screen-space - a versão Switch apresenta uma qualidade idêntica à das versões PS3 e Xbox 360. No entanto, quando comparas a versão Switch com a da Wii U, é fácil perceber o quão superior a híbrida da Nintendo é.

Reduzir o tamanho do jogo para 13.6GB também teve consequências no áudio e a versão Switch de Assassin's Creed 3 Remastered apresenta-te uma qualidade inferior nas vozes, efeitos sonoros e banda sonora.

Em termos de performance, Assassin's Creed 3 Remastered na Switch consegue resultados superiores aos das consolas de anterior geração, a correr a 1080p, correndo por vezes com uma vantagem de 10fps sobre a versão Wii U. No entanto, nas cidades, existem grandes quedas dos 30fps e poderás passar por momentos a meios 20s nas docas de Boston, por exemplo. Está melhor do que na anterior geração, mas ainda precisa de melhorias. Entrar numa pequena taverna poderá causar quedas para baixos 20s na Switch - com pouca acção no ecrã.

Algo a ter em conta é que ao jogar em modo portátil, Assassin's Creed 3 Remastered poderá correr com uma pequena vantagem de 1-2fps, comparado com o modo na dock, algo que poderá estar relacionado com a descida de 1080p para 720p na resolução.

O pacote inclui ainda um remaster de Assassin's Creed 3: Liberation, que corre a 900p na dock e 720p em modo portátil, sem anti-aliasing e com uma performance estranha.

Na dock, o rácio de fotogramas desbloqueado dá-te algo entre 20fps e 40fps. Se optares pelo modo portátil, é activado um bloqueio a 30fps e o jogo corre de forma mais estável.

"É a versão de anterior geração na sua base e alguns dos cortes são demasiados para ser recomendado. Os compromissos no som é do pior que já vi na consola e existem numerosos glitches e bugs por resolver," diz o Digital Foundry.

Publicidade

Salta para os comentários (28)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Nintendo Switch Lite já disponível nas lojas

Optimizada para o formato portátil.

Kojima partilha excertos de gameplay de Death Stranding

Sam escuta música enquanto desce a colina.

PlayStation Portugal anuncia série de vídeos no Youtube

"Modo PlayStation" apresentará gameplay, antevisões e mais.

Valve condenada em França por impedir a revenda de jogos digitais no Steam

Organização Francesa consegue importante vitória.

Também no site...

Comentários (28)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários