The Division 2 - Raid terminada nas consolas, três dias após a sua chegada

No PC foram precisas apenas 5 horas.

Foram precisos 3 dias para os jogadores conseguirem terminar a raid de The Division 2 nas consolas, algo para o qual os jogadores no PC precisaram apenas de 5 horas.

Apesar de Operation Dark Hours, nome da raid, ter sido finalmente batida nas consolas, a Ubisoft está na mesma pronta para implementar ajustes na dificuldade desta actividade.

Ao longo do fim de semana, partilhamos as dificuldades que os jogadores de consola estavam a sentir nesta actividade extremamente difícil e pensada para uma equipa coordenada de oito jogadores.

No PC, os jogadores podem jogar com rato e teclado, desfrutando ainda de um rácio de fotogramas a 60fs, que lhes dá uma melhor resposta dos controlos - um dos factores que explica o porquê de terem demorado apenas 5 horas para triunfar na raid.

Nas consolas, foram precisos 3 dias para uma equipa terminar a raid, onde The Division 2 corre a 30fps e é jogado com comando, o que poderá ter limitado a capacidade dos jogadores em enfrentar as mecânicas mais difíceis da raid.

Numa mensagem partilhada no subreddit de The Division, Johan, representante da Ubisoft Massive, diz que a raid foi pensada como a actividade mais difícil na história da série, "construída em torno da ideia de uma equipa bem coordenada e comunicativa".

Johan disse ainda que apesar de já ter sido terminada nas consolas, a raid poderá ser ajustada.

"Dito isto, a dificuldade da raid é certamente feedback ao qual temos estado atentos desde o lançamento de Dark Hours e não está fora das possibilidades serem aplicados ajustes no futuro."

O comentário poderá agradar a muitos jogadores que jogam The Division 2 numa consola, que ainda continuam a tentar bater a raid.

Inkist, membro da primeira equipa a bater a raid numa consola, diz que a sua equipa consegue agora terminar a raid em 2 horas e 52 minutos a jogar na PlayStation 4.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários