Scalebound não foi cancelado por culpa da Microsoft

Platinum Games confirma que a PI pertence à Microsoft.

Scalebound é um nome amargo para os donos de uma consola Xbox One, um exclusivo da Microsoft que encabeçou as listas de jogos mais aguardados para a consola, mas que infelizmente foi cancelado.

O jogo da Platinum Games deu muito que falar ao longo dos anos e apesar de ter sido cancelado em 2017, o mistério em torno do seu cancelamento e dos direitos da propriedade intelectual, ainda continua a dar que falar.

Atsushi Inaba, director da Platinum Games, conversou com o VGC sobre diversos assuntos e um deles foi mesmo Scalebound, um jogo cuja culpa pelo cancelamento não pode de forma alguma ser atribuída à Microsoft.

Inaba diz que custou ver a Microsoft receber tantas críticas por cancelar o jogo e diz que a propriedade pertence à Microsoft, o que não permite desenvolver uma nova versão na Nintendo Switch.

"Ambas as partes falharam e o jogo não alcançou tudo o que queríamos enquanto criadores."

"Não foi fácil ver os fãs furiosos com a Microsoft sobre o cancelamento. Na verdade, quando qualquer jogo em desenvolvimento não é lançado, é porque ambas as partes falharam".

"Penso que existem áreas onde podíamos ter feito melhor e tenho a certeza que existem áreas em que a Microsoft, enquanto editora e parceira, deseja ter feito melhor. Ninguém quer que um jogo seja cancelado."

Scalebound é um projecto que ocupou 4 anos à Platinum Games, mas ajudou a companhia a aprender diversas dolorosas lições e ajudou a Platinum Games a crescer.

"Obviamente, não posso entrar em detalhes, existem regras de conduta enquanto estúdio. Queremos ter a certeza que a editora que nos deu a oportunidade de criar um jogo não é mal tratada."

"Na verdade, não gostamos de ver a Microsoft a sofrer a ira dos fãs porque o desenvolvimento de jogos é duro e ambos os lados aprenderam lições."

Inaba diz que a Platinum Games já cancelou diversos jogos, que não foram anunciados. Isso poderá ter sido o problema de Scalebound, revelado muito cedo.

O director na Platinum Games disse ainda que a propriedade pertence à Microsoft e que não está em desenvolvimento qualquer plano para converter o jogo para a consola da Nintendo.

Publicidade

Salta para os comentários (114)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Final Fantasy 7 Remake já está nas mãos dos jogadores

Apesar da Square Enix ter dito que existiriam problemas de stock.

Não esperes novidades de GTA 6 tão cedo

Um rumor afirmava que o jogo seria anunciado esta semana.

Passatempo Predator: Hunting Grounds - Aqui estão os vencedores!

Vão receber códigos de 12 meses do PS Plus.

Também no site...

Comentários (114)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários