Platinum Games quer ser dona das suas futuras propriedades

Está a trabalhar em 2 projectos secretos.

Atsushi Inaba, director na Platinum Games, expressou o desejo da aclamada companhia Japonesa em tornar-se dona das suas futuras propriedades intelectuais, ao invés de trabalhar apenas em propriedades que pertencem a outros.

Na mesma entrevista onde confirmou que a Platinum Games está a desenvolver um novo jogo revolucionário, Inaba falou sobre como a companhia se está a preparar para lançar os seus próprios jogos e manter-se no controlo das suas propriedades.

NieR: Automata, um dos maiores sucessos da Platinum, pertence à Square Enix, Bayonetta pertence à SEGA (que consentiu o desenvolvimento de dois novos jogos à Nintendo), tal como Vanquish e Mad World.

Astral Chain, o próximo lançamento da Platinum, é outro exemplo - foi imaginado e concebido pela própria, mas o acordo com a Nintendo entrega a propriedade intelectual à editora.

Esta dependência de outras companhias permite à Platinum Games desenvolver os jogos que quer, mas pelo outro lado, remove qualquer direito a desenvolver mais jogos e é por isso que muitas séries ficaram adormecidas.

Inaba quer terminar com este ciclo e isso será feito com duas novas propriedades intelectuais, já em desenvolvimento, que pertencem em pleno à Platinum Games.

"É absolutamente verdade que existem casos onde queres criar uma sequela, mas se não fores dona da PI, não o podes fazer," disse Inaba.

"É assim tão simples e francamente, no caso de Bayonetta demorou-nos muito tempo e energia para chegar ao ponto onde podiam ser feitas sequelas. Não foi tão simples quanto pegar no telefone e pedir, 'hei, podemos fazer isto?' Existem muitas peças que têm de ser encaixadas e muitas negociações que tiveram de ocorrer."

O objectivo da Platinum é alcançar um ponto em que podem lançar as suas próprias criações, com total controlo das propriedades e livres para decidir se querem criar uma sequela.

No entanto, isso não significa que vão deixar de colaborar com outras editoras.

Inaba diz que existirá a possibilidade de colaborar com outras editoras em propriedades bem conhecidas, poderão até surgir casos onde os jogos são lançados em cooperação com a Platinum, sem afectar o interesse em lançarem os seus próprios jogos.

Salta para os comentários (17)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (17)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários