Amsterdam 1666 ainda vai acontecer, garantiu Patrice Desilets, o criador da saga Assassin's Creed, numa nova entrevista.

O caso de Amsterdam 1666 foi complicado. Patrice Desilets saiu da Ubisoft, companhia na qual tinha criado Assassin's Creed, e juntou-se à THQ para trabalhar num novo jogo eventualmente baptizado de Amsterdam 1666, um jogo na linha de Assassin's Creed.

O que Patrice Desilets não esperava era que a THQ fosse à falência e que depois a Ubisoft adquirisse os direitos de Amsterdam 1666. Depois de uma batalha legal com a sua antiga companhia, Patrice Desilets conseguiu ficar com os direitos do jogo.

Porém, desde que adquiriu os direitos do jogo, nunca mais houve progressos na produção. Amsterdam 1666 figurou até na nossa lista de 7 jogos que desapareceram sem deixar rasto.

Numa entrevista com o VG247, Patrice Desilets disse que ainda planos para Amsterdam 1666, mas admitiu que vai começar tudo de novo. O projecto que está a ocupar a sua atenção neste momento é Ancestors: The Humankind Odyssey.

Patrice Desilets admitiu que "agora estou a pensar um pouco no jogo, provavelmente vou mudá-lo um pouco". Disse também que no jogo "eras mais o aprendiz do Diabo do que o próprio Diabo". Se Amsterdam 1666 for o seu próximo projecto "provavelmente vou começar de novo".

Todo o material existente de Amsterdam 1666 resume-se a um vídeo de quase 5 minutos que foi divulgado em Abril de 2016, mostrando a cidade de Amesterdão e o protagonista a deslocar-se nos canais a bordo de um pequeno barco.

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro