Por mais apetitosas que sejam as palavras "descontos" ou "saldos", existe uma que, por mais que tentemos, não conseguimos ignorar: "grátis". E, com o serviço PS Plus da Sony, poderás ter acesso a uma série de jogos - muitos deles de alto calibre - sem qualquer custo extra, desde que estejas subscrito ao serviço.

Por esta altura já deves saber como funciona o serviço mas segue-se uma breve e sucinta explicação: enquanto fores detentor do serviço, irás receber gratuitamente uma série de jogos e, mesmo que deixes de o subscrever durante alguns meses, verás que os jogos ficarão novamente acessíveis assim que renoves a tua subscrição.

Fizemos já um artigo prévio sobre este serviço da Playstation onde, fazendo as contas com os jogos lançados em 2018, mostramos-te quanto podes poupar. Se quiseres ler tudo com mais atenção, recomendo vivamente que visites a página!

Apesar de tudo, este artigo tem um propósito diferente. Tal como disse anteriormente, o PS Plus já foi agraciado não só com uma boa quantidade de jogos mas muitos deles são verdadeiras obras-primas aclamadas pela crítica. Que jogos foram esses? As cerejas no topo deste delicioso bolo? É exactamente isso que vamos abordar logo a seguir, voltando o nosso foco em particular para lançamentos ocorridos nos últimos meses.

Pronto? Descobre tudo aquilo que tens perdido nos últimos meses!

Bloodborne

Este é, provavelmente, um dos nomes mais sonantes e de maior peso de toda a lista. Este exclusivo PS4 da From Software (a produtora por trás da saga Dark Souls) não deixou os fãs nem a comunidade gaming indiferente, recebendo um redondo "Obrigatório" pelo staff do Eurogamer.

"É impossível chegar ao fim de Bloodborne e não considerá-lo um título essencial na prateleira de quem aprecia videojogos", diz a nossa análise. O jogo faz, portanto, um papel exemplar nos mais diversos departamentos, desde os gráficos, à música, à jogabilidade, ao design de níveis, entre uma série de outras mecânicas que tornaram este título um dos melhores da actual geração.

Análise a Bloodborne

God of War 3 Remastered

Mais um exclusivo da Playstation, lançado originalmente na PS3 e com uma versão remasterizada criada para a PS4 em 2015. Recebeu 10 em 10 na nossa análise que afirma que "God of War III pode ser uma jornada com contornos familiares mas é tão épica e brutal quanto se poderia esperar, e ainda um pouco mais. É um fantástico jogo que diverte a cada minuto que passa, oferecendo um bom desafio e tudo o que os fãs alguma vez desejaram."

Assim sendo, Kratos ocupou também um lugar no Panteão dos jogos do PS Plus - um dos títulos mais icónicos da geração passada que os subscritores do PS Plus obtiveram por custo 0.

Análise a God of War 3

Destiny 2

Ninguém consegue ficar indiferente a Destiny e a sequela, sem margem para dúvidas, conseguiu elevar muito aquilo que foi apresentado no primeiro jogo. Repleto de conteúdos, este é um título que deixou os fãs de shooters em primeira pessoa extremamente entretidos, exigindo mais coordenação, comunicação e precisão do que nunca.

Os gráficos surpreendentes e a capacidade de poderes jogar com os teus amigos foi algo que não deixou os utilizadores indiferentes. De acordo com a nossa análise, Destiny 2 "não é um jogo que agrada a todos, mas continua a ser a melhor combinação de um jogo de tiros com elementos importados de MMOs. Para quem gosta, a diversão vai durar certamente centenas de horas".

Análise a Destiny 2

RiME

Este título da Tequila Works é uma absoluta obra-de-arte. Basta olhares para um simples vídeo para sentires o quão vibrante é este mundo, como se cada pedra, rio e árvore estivesse a contar uma história - uma "poesia em movimento", como podes ler na nossa análise.

RiME é uma experiência transcendente, quase meditativa, com uma fascinante narrativa visual e uma mensagem forte para entregar e, apesar de traçar território já conhecido, consegue-o frequentemente fazer de forma melhor. Ainda por cima, é impossível não ficar derretido com a raposa!

Análise a RiME

Deux Ex Mankind Divided

Deus Ex: Mankind Divided ofereceu tudo aquilo que os fãs do género podiam esperar e, para quem sempre sonhou em ser um espião e envolver-se em teorias da conspiração num ambiente futurista, foi uma surpresa bem feliz quando o jogo foi disponibilizado no serviço.

Este título possui uma jogabilidade fluida, uma série de questões morais às quais não consegues fugir e uma maior liberdade que permitiu aos jogadores completar Mankind Divided da forma como quisessem - podendo inclusive terminar o jogo sem matar uma única pessoa, incluindo o boss final! Uma experiência desafiante num mundo misterioso mas igualmente viciante.

Análise a Deux Ex Mankind Divided

For Honor

For Honor apanhou o público completamente desprevenido - esta é uma experiência muito própria, uma combinação de géneros surpreendente e nunca antes vista. Mas, acima de tudo isso, existe um factor ainda mais importante: este é um jogo realmente muito divertido.

Nem o nosso staff conseguiu resistir a esta experiência: "For Honor é um jogo que demonstra diversos momentos de brilhantismo no seu conceito e que me deixou completamente viciado. A excelente qualidade dos visuais faz da campanha uma jornada obrigatória, com vários momentos épicos", podes ler na análise.

Agora, a questão importante: quem é mais feroz, Vikings, Cavaleiros ou Samurais?

Análise a For Honor

The Witness

Uma ilha. Centenas de puzzles. Tu sozinho. Este é o conceito base de The Witness, um jogo que foi altamente aclamado pela crítica e considerado um dos melhores pertencentes ao género quebra-cabeças.

Para os detentores do PS Plus que adquiriram o jogo, não há como enganar: terão de investigar cada recanto da ilha e usar os vossos neurónios para resolver tudo aquilo que vos aparecer à frente. Nem sempre será fácil e, tal como podes ler na nossa análise ao jogo, "jogar The Witness é aceitar um desafio aparentemente simples, mas que rapidamente galga as fronteiras do design e da arte".

Análise a The Witness

Estes foram, então, os melhores jogos que estiveram disponíveis no serviço ao longo dos últimos meses. Como podes ver, muitos deles são verdadeiras pérolas e é sempre bom receber estes miminhos gratuitos com a subscrição ao PS Plus. Que títulos gostavas de ver futuramente no PS Plus? Não vais querer perder aquilo que o serviço tem reservado para ti!

Publicidade