Fãs de Anthem perdem esperança na Bioware

A resposta a um artigo que expôs os problemas do estúdio é preocupante.

Depois de jogar Anthem tornou-se evidente que o processo de desenvolvimento foi conturbado e que várias coisas erradas se passaram, todavia, até agora não sabíamos ao certo os detalhes do que se passou nos bastidores.

Um artigo sobre Anthem publicado ontem pelo Kotaku, escrito por Jason Schreier, o autor do livro Blood, Sweat and Pixels, expõe o que aconteceu durante a produção de Anthem, revelando uma falta de liderança para tomar decisões importantes, constantes mudanças na direcção do jogo, uma estranha fé chamada "Bioware Magic" de que no fim tudo iria ficar bem, e dificuldades em lidar com o motor Frostbite, criado pela DICE para a saga Battlefield.

É um artigo bem composto, longo e detalhado, com a perspectiva de várias pessoas que trabalham ou trabalharam na Bioware durante o desenvolvimento de Anthem. Para os fãs de Anthem, o artigo explica porque razão é que o jogo foi lançado com tantos problemas. Embora a Bioware estivesse a trabalhar no jogo desde 2012, a produção só começou 18 meses antes do lançamento.

No reddit de Anthem, uma das maiores comunidades do jogo e sem dúvida a mais dedicada, o artigo de Jason Schreier rapidamente fez ondas. A reacção foi extremamente positiva, com os fãs do jogo a agradecer o excelente trabalho de reportagem que explica o que aconteceu durante o desenvolvimento do jogo.

Antes do artigo ser publicado, o Kotaku contactou a EA / Bioware para lhes dar uma oportunidade de responder, partilhando alguns dos pontos-chave do artigo com a editora / estúdio. A resposta, em vez de ser enviada para o Kotaku, foi publicada no blog da Bioware mesmo antes do artigo ter sido publicado, o que significa que a Bioware optou por responder mesmo antes de ler o artigo na íntegra.

A reacção dos fãs

A resposta da Bioware não foi bem recebida pela comunidade e gerou uma tremenda desilusão, com muitos a confessarem que perderam a esperança no estúdio que, em vez de tentar melhorar, resolveu assumir uma postura defensiva em relação ao artigo. Num excerto da sua resposta ao artigo a Bioware disse o seguinte:

"As pessoas desta indústria depositam tanta paixão e energia em criar algo divertido. Não vemos valor em derrubar-nos uns aos outros, ou o trabalho de outra pessoa. Não acreditamos que artigos que fazem isso estão a tornar a nossa indústria e ofício melhores."

Uma leitura atenta ao artigo do Kotaku revela que é o oposto. Não é um artigo para derrubar Anthem ou o trabalho da Bioware, mas para explicar o que aconteceu de errado durante a produção e o que se passa dentro da Bioware, um estúdio em outrora conhecido por RPGs de elevada qualidade mas que já falhou em cumprir as expectativas duas vezes: primeiro com Mass Effect: Andromeda e agora com Anthem.

Não são apenas os fãs que estão desiludidos com a postura da Bioware. No Twitter, Jason Schreier comentou há umas horas que depois do artigo ser publicado voltou a conversar com funcionários da Bioware, incluindo alguns com os quais não tinha falado antes. O consenso geral desses funcionários é desilusão perante a resposta da Bioware, indicando que a gestão do estúdio não está disposta a melhorar no futuro.

Ainda existe esperança para a Bioware e Anthem?

Na sua resposta, a Bioware conclui dizendo que "a nossa concentração total está nos nossos jogadores e em continuar a fazer de Anthem tudo aquilo que pode ser para a nossa comunidade". Anthem, sendo um jogo "vivo", vai continuar a receber actualizações e melhorias, contudo, claramente algo de errado se passa na Bioware e as evidências estão à vista. A postura defensiva do estúdio e virar a cara aos problemas não é uma forma de melhorar. Como é que pode um estúdio agradar aos jogadores se não está disposto a corrigir problemas internos que impediram Anthem de ser melhor e, ultimamente, causaram desilusão aos fãs que acreditaram e tinham esperança na capacidade de Bioware para entregar um jogo como Anthem?

"A postura defensiva do estúdio e virar a cara aos problemas não é uma forma de melhorar"

Ao longo desta geração surgiram várias histórias de estúdios que falharam mas, reconhecendo os problemas, conseguiram lentamente mudar de direcção e seguir o rumo para o sucesso. A Bioware tem a capacidade para fazer isso, e apesar dos seus evidentes problemas, Anthem continua a ser um jogo com potencial. Uma coisa é certa: os próximos meses serão determinantes no futuro de Anthem, mas a resposta da Bioware a esta situação foi um grande abalo na esperança dos fãs.

Confere todos os nossos guias sobre Anthem:

Anthem - Como obter tempos de loading mais rápidos

Anthem - Como subir de nível rapidamente

Anthem - Classes, Javelins, Armas, Ataques e Habilidades

Anthem - Como Desbloquear Javelins e Trocar de Javelins

Anthem - Onde encontrar Embers e para que servem Embers

Anthem - Tudo sobre o sistema Alliances

Anthem - Guia do Puzzle Triple Threat

Anthem - Como obter a armadura Legion of Dawn e redimir itens da pré-reserva

Publicidade

Salta para os comentários (88)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Star Wars Jedi: Fallen Order corre a 1260p na PS4 Pro

Na PS4 corre a 900p com resolução dinâmica.

Call of Duty: Modern Warfare terá battle royale para 200 jogadores

Jogadores encontraram informações nos ficheiros do jogo.

The Mandalorian e Death Stranding combinados em grande estilo

BossLogic apresenta uma homenagem bem especial.

Pokémon Sword & Shield Review - A série precisa de uma mega-evolução

A transição da Gamefreak para a Switch não é suave.

Também no site...

The Mandalorian e Death Stranding combinados em grande estilo

BossLogic apresenta uma homenagem bem especial.

Star Wars Jedi: Fallen Order corre a 1260p na PS4 Pro

Na PS4 corre a 900p com resolução dinâmica.

Call of Duty: Modern Warfare terá battle royale para 200 jogadores

Jogadores encontraram informações nos ficheiros do jogo.

Comentários (88)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários