Metro Exodus bateu as expectativas na Epic Games Store

"O mais importante são os jogos, não as lojas," diz a Epic.

A Epic Games Store chegou em Dezembro para se posicionar como a mais forte concorrente à loja Steam da Valve e desde então que já gerou imensa controvérsia, especialmente pelos acordos de exclusividade.

Metro Exodus foi um dos acordos negociados pela Epic Games, que conseguiu assegurar perante a Deep Silver uma exclusividade e garantir que o jogo da 4A Games só chega ao Steam um ano depois.

Apesar de toda a polémica gerada em torno do acordo de Metro Exodus, que foi removido do Steam, onde apenas as reservas pré-lançamento foram honradas, a Epic Games afirma que o lançamento na sua loja bateu todas as expectativas.

Na mesma entrevista onde disse que a sua loja não iria receber jogos pornográficos ou da treta, Tim Sweeney, presidente da Epic Games Store, falou das vendas de Metro Exodus e como o mais importante são os jogos, não as lojas.

"Um desafio crítico desde o início foi olhar para projectos no Steam e perguntar como poderíamos alcançar esses níveis de sucesso na nossa loja," diz Tim Sweeney.

"Metro Exodus excedeu de longe até as projecções de vendas do Steam e isto prova realmente que os jogos são o mais importante, não as lojas."

Questionado sobre a polémica que se instalou quando anunciaram essa exclusividade, Sweeney diz que já era esperado encontrar alguma resistência, mas estavam decididos em quebrar o rácio de 70/30 que a Valve praticava na sua loja.

"Mudar a forma como os jogos são vendidos é uma grande perturbação para todos. Compreendo isso - pessoalmente, já cancelei a minha subscrição à Netflix duas vezes pois mudaram a sua selecção de filmes. Mas isto é um passo em frente, necessário para a indústria dos videojogos se queremos permitir aos criadores investir na construção de melhores jogos e se queremos que as poupanças cheguem aos jogadores na forma de melhores preços."

Sweeney diz que é tudo para tornar a indústria melhor e "compreendo que os jogadores não vejam isso."

"Não vêem o quão duro é criar uma lista de pagamentos e ver a loja a sugar 30% dessas receitas. Pode ser surpreendente ver que a indústria está a mudar de formas que, habitualmente, são invisíveis para os jogadores."

Salta para os comentários (34)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Versão física de Halo Infinite não inclui o jogo completo

Precisas de ligação à internet para efetuar download de dados.

Subreddit de Halo encerrado devido à elevada toxicidade

Moderadores recomendam acalmar os ânimos e parar com as ameaças de morte.

STALKER 2: Heart of Chernobyl precisa de 180GB de disco

Um dos jogos a ocupar mais espaço no dia de lançamento.

Call of Duty: Vanguard a 52 euros na PS Store

Menos de um mês após o lançamento.

Também no site...

Comentários (34)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários