A plataforma de videojogos da Google já tem um nome: Stadia.

Numa conferência que decorreu na GDC 2019, a Google apresentou uma plataforma de videojogos que foi construída para abranger todas as pessoas: os jogadores, os espectadores de videojogos no Youtube, e os produtores de videojogos.

O futuro para a google é o streaming de videojogos e na apresentação da plataforma Stadia foi sublinhado que não requer hardware adicional. O serviço é compatível com todos os dispositivos que já tens em casa: o teu telemóvel, tablet e computador.

Eliminar o processo de instalação de um jogo foi uma das missões da Google. Com a Stadia, podes estar a visualizar um trailer oficial no canal da Ubisoft no Youtube e, em apenas cinco segundos, passar para dentro do jogo graças à tecnologia de streaming.

O único hardware apresentado pela Google é o comando oficial da plataforma, se bem que a companhia sublinhou que a Stadia será compatível com todos os comandos e conjuntos de rato e teclado que tens em casa. O comando oficial da Stadia é opcional.

A vantagem do comando oficial da Stadia é que estará ligado directamente por Wifi ao servidor que está correr o teu jogo, optimizando ainda mais a experiência com baixa latência que a Google quer oferecer com o seu serviço.

Stadia_Controller

Como é que a Stadia da Google se compara com as consolas actuais?

A Google fez questão de salientar que os produtores terão recursos como nunca antes a alimentar os seus jogos. Os recursos escalam até às necessidades dos produtores, sem limites de hardware. Os produtores poderão até requisitar o uso de várias placas gráficas em simultâneo.

Tudo isto é possível graças à poderosa rede de servidores da Google, espalhada por mais de 200 países do mundo. No lançamento, a Google promete que poderás jogar a 4K e 60 fotogramas por segundo. Um dos jogos já confirmados para a plataforma é Doom Eternal da Bethesda.

No futuro, a Stadia da Google terá suporte para jogos com resolução até 8K.

Stadia_vs_PS4_pro_vs_Xbox_One_X

Para tornar a sua plataforma apelativa para os produtores de videojogos, a Stadia terá suporte no lançamento para as ferramentas mais populares de desenvolvimento de videojogos.

Na lista de ferramentas suportadas estão nomes como o Unreal Engine, CryEngine, Vulkan, Unity, AMD, Havok, entre outros, facilitando a visão criativa dos produtores e o apelo da plataforma.

stadia_tools_support

Stadia, uma plataforma com várias novidades

O Stream Connect é uma das novidades da Stadia, permitindo criar novas experiências multijogador em que na mesma instância tens quatro perspectivas diferentes conforme o jogador. A mesma tecnologia vai permitir multijogador local sem prejudicar o desempenho do jogo.

A Stadia também terá suporte para cross-platform, o que significa que o teu progresso será preservado e que poderás continuar a jogar exactamente onde acabaste da última vez independentemente da plataforma, seja no smartphone, tablet ou computador.

Outra funcionalidade inovadora é o Game State. A Stadia vai permitir que os produtores partilhem, através de simples link, um momento jogável. Pensa nisto como uma forma de deixar alguém experimentar facilmente um curto momento de um jogo.

game_state_stadia

A assistente da Google também está incorporada na Stadia. Se estiveres preso num nível e não souberes o que tens de fazer para progredir, através do comando oficial da Stadia poderás simplesmente carregar num botão e a assistente da Google vai apresentar-te os melhores resultados de guias.

Jogos exclusivos para a Stadia

A Google ainda não revelou a lista completa de jogos que a Stadia vai oferecer no lançamento, mas Jade Raymond, uma veterana dos videojogos contratada recentemente pela companhia, assegurou na apresentação que haverá jogos first-party (ou seja exclusivos) e que estão a colaborar com vários parceiros para garantir os melhores jogos.

Stadia - Qual é a data de lançamento?

Ainda sem revelar o preço do serviço, a Google confirmou que a plataforma Stadia estará disponível em 2019 nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e maioria dos países da Europa (ainda não sabemos se Portugal será um deles).

Stadia_data_de_lancamento

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro