Fortnite culpabilizado pelo ataque terrorista na Nova Zelândia

Jornalistas Argentinos dizem que o jogo "possui as crianças".

O ataque terrorista que resultou na morte de 49 pessoas em Christchurch, na Nova Zelândia, é uma horrível tragédia que está a abalar a actualidade e a dar que falar.

Como provavelmente já estavas à espera, este horrível acontecimento já está a ser associado aos videojogos e Fortnite foi colocado no centro das atenções.

Transmitido em directo no Facebook e com direito a mensagem para apelar à subscrição ao canal de PewDiePie, era inevitável ver este acontecimento ligado aos videojogos, mas para estes jornalistas Argentinos, a culpa é de Fortnite.

Segundo este canal de televisão Argentino, via ResetEra, a associação é óbvia, o ataque na Nova Zelândia está relacionado com Fortnite, mais do que isso, poderá ter sido a inspiração para este massacre.

Durante este segmento, Fortnite é jogado em modo de ecrã dividido e é explicado como "possui a mente das crianças" com a sua violência.

Em baixo podes ver o vídeo onde é noticiado o quão perigoso pode ser Fortnite para as crianças e como poderá estar relacionado com o infeliz acontecimento que decorreu na Nova Zelândia.

Publicidade

Salta para os comentários (32)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Dreams vai sair do acesso antecipado

Só podes comprá-lo a preço especial até amanhã.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Também no site...

Comentários (32)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários