Fortnite culpabilizado pelo ataque terrorista na Nova Zelândia

Jornalistas Argentinos dizem que o jogo "possui as crianças".

O ataque terrorista que resultou na morte de 49 pessoas em Christchurch, na Nova Zelândia, é uma horrível tragédia que está a abalar a actualidade e a dar que falar.

Como provavelmente já estavas à espera, este horrível acontecimento já está a ser associado aos videojogos e Fortnite foi colocado no centro das atenções.

Transmitido em directo no Facebook e com direito a mensagem para apelar à subscrição ao canal de PewDiePie, era inevitável ver este acontecimento ligado aos videojogos, mas para estes jornalistas Argentinos, a culpa é de Fortnite.

Segundo este canal de televisão Argentino, via ResetEra, a associação é óbvia, o ataque na Nova Zelândia está relacionado com Fortnite, mais do que isso, poderá ter sido a inspiração para este massacre.

Durante este segmento, Fortnite é jogado em modo de ecrã dividido e é explicado como "possui a mente das crianças" com a sua violência.

Em baixo podes ver o vídeo onde é noticiado o quão perigoso pode ser Fortnite para as crianças e como poderá estar relacionado com o infeliz acontecimento que decorreu na Nova Zelândia.

Salta para os comentários (31)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

9 jogos indie anunciados para a PS5 / PS4

Shuhei Yoshida quer que a consola seja o melhor sítio para jogar indies.

Kojima trabalha em novo conceito e fãs acreditam que é sequela de Death Stranding

Um desenho na secretária dele está a gerar especulação.

Também no site...

Comentários (31)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários