Anthem é a mais recente propriedade intelectual da Bioware, um jogo vivo que está a dividir a comunidade e que rapidamente se envolveu em diversas controvérsias.

Perante os diversos problemas, como as queixas de jogadores que Anthem está a congelar consolas PS4, que tornaram o lançamento conturbado, vários fãs do estúdio temem pelo seu futuro, mas o produtor de Anthem diz que não existem motivos para tal.

Michael Gamble, produtor principal em Anthem, recebeu uma mensagem de um fã que demonstrou o seu apoio ao estúdio e ao jogo, mas também partilhou o seu receio pela reacção da Electronic Arts.

Perante este fã que falou sobre o medo em ver a Electronic Arts encerrar a Bioware, Gamble disse que não é preciso preocuparem-se, o estúdio está cheio de trabalho e conta com imenso apoio.

"Não te preocupes connosco," disse Gamble.

"Temos imenso trabalho para fazer, mas não és o único que gosta de Anthem," acrescentou o produtor principal do novo jogo.

Ao longo dos últimos dias, a equipa responsável pelo jogo tem recebido imensas mensagens de apoio de fãs que temem pelo futuro da Bioware.

No entanto, Gamble continua a assegurar que não existem motivos para preocupação.

O apoio da EA à Bioware parece ser um dos maiores receios dos fãs, que temem ver a editora a fechar o estúdio.

Gamble assegura que estão a receber imenso apoio.

"Muitas pessoas estão a jogar Anthem e já anunciamos os nossos planos para o serviço vivo. Não te preocupes com isso, estamos a receber um grande apoio."

Casey Hudson, gestor da Bioware, já tinha agradecido o apoio dos jogadores de Anthem e Gamblem fez eco das suas palavras.

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão