Epic Games responde às acusações do rapper 2 Milly

"Ninguém é dono de um passo de dança."

A Epic Games atingiu níveis astronómicos de sucesso graças ao super popular Fortnite Battle Royale, mas os processos contra a produtora não tardaram a seguir, incluindo acusações por parte de Alfonso Ribeiro, um actor que se tornou conhecido graças ao seu papel em Fresh Prince of Bel-Air, o Backpack Kid ou até mesmo o rapper 2 Milly de roubo das suas danças que foram aplicados a emotes e vendidos na loja digital.

No entanto, parece que a Epic Games não parece querer ceder às acusações do rapper 2 Milly, de acordo com um advogado que representa a Epic Games.

"Ninguém é dono de um passo de dança", revela o advogado da Epic, Dale Cendali. "A lei dos direitos de autor é clara de que passos de dança individuais ou danças simples completas não são protegidas por direitos de autor, mas sim uma construção da liberdade de expressão, que se encontram em domínio público para coreógrafos, dançarinos e público geral usarem, repetirem e desfrutarem."

Caberá agora aos tribunais decidirem um veredicto sobre este caso - se quiseres saber mais, podes sempre conferir as declarações completas da Epic Games sobre o tópico.

Qual a tua opinião? Achas que a produtora de Fortnite é responsável e deverá ser condenada?

Publicidade

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários