EA e Respawn confirmaram que dois personagens jogáveis ​​em sua nova batalha real, Apex Legends, são membros da comunidade LGBTQ.

Esta informação está presente na página das personagens no site oficial da EA: a descrição de Makoa Gibraltar revela que "ele só se apercebeu do valor em proteger outros quando ele e o seu namorado roubaram a moto do seu pai, levaram-na para uma volta e ficaram presos num deslizamento mortífero".

Para além disso, numa entrevista com a Rock, Paper, Shotgun, o gestor da comunidade da Respawn, Jay Frechette, também confirmou que Bloodhound, cujo nome real, idade e local de nascimento são desconhecidos, "tem uma sexualidade não-binária, ou de outra forma não especificada".

Apesar de ser sempre bom ver variedade dentro do mundo dos videojogos, este não é o primeiro shooter multiplayer que revela a orientação das suas personagens: em Overwatch, por exemplo, foi também revelado que Soldier 76 é gay.

Confere todos os nossos guias sobre Apex Legends:

Apex Legends - Personagens, Habilidades, Poderes

Apex Legends - Quais as melhores armas?

Apex Legends - Easter Egg da Nessy

Apex Legends - Tudo sobre o mapa do jogo

Apex Legends - 55 truques, dicas e funcionalidades secretas

Apex Legends - Guia para Principiantes

Apex Legends - Battle Pass, Crossplay na PS4, Xbox One e PC, Microtransacções, Titans e versão Switch

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Mais artigos pelo Jorge Salgado