Take-Two não está preocupada com o free to play

Prefere focar-se na qualidade.

Com o incrível sucesso de Fortnite e a inesperada chegada entusiasmante de Apex Legends, tornaram-se cada vez mais frequentes as questões sobre possíveis jogos free-to-play das grandes editoras.

Tal como muitas outras, a Take-Two foi questionada sobre o que pensa do free-to-play na mais recente apresentação com os investidores e diz que não está interessada em aderir ao que os outros fazem.

Strauss Zelnick, CEO da Take-Two, dona da Rockstar Games e 2K Games, entre outras, diz que o caso de Fortnite é um caso específico e que "provavelmente não é recomendável tentar recriá-lo".

"A verdade é que quando entregas uma espantosa experiência AAA, os consumidores aparecem."

Zelnick diz que os grandes lançamentos da editora precisam unicamente apresentar um grande foco na qualidade e isso será recompensado com vendas.

"Não estou preocupado que outros estejam a estabelecer uma abordagem free to play, desde que a nossa qualidade continue a ser excelente."

Zelnick vai ainda mais longe e diz que os consumidores não se preocupam com o preço quando querem assegurar algo de qualidade.

"Na verdade, os consumidores não são super sensíveis ao preço no entretenimento. Dizendo-o de outra forma, se lançarmos algo que as pessoas não querem, podes vendê-lo seja pelo preço que for, não vão ter interesse."

"Não estamos a vender alimentos ou comodidades. Quando dás algo fenomenal a alguém, é o nosso trabalho entregar muito mais valor do que aquele que é pedido, mas a sensibilidade ao preço decresce."

Para a Take-Two, entregar qualidade é o foco principal.

Publicidade

Salta para os comentários (7)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários