O regresso aos jogos de treino por movimentos, num título mais simples e acessível, marcado pela componente de música e ritmo.

Agora que as festas de Natal estão para trás, é tempo de fazer contas às calorias amealhadas nos jantares e almoços mais festivos. Embora saibamos da necessidade de ter conta, peso e medida no que passamos para o nosso prato, bastam alguns exageros para se acumular num dia cerca de 5 mil calorias, o dobro das nossas necessidades energéticas. Naturalmente, isso reflecte-se num aumento de peso. Mas se a acumulação de calorias se faz facilmente, a perda de peso torna-se num problema que urge resolver, envolvendo exercício físico e uma dieta severa, ao longo de semanas.

A pensar nos exageros natalícios cometidos pelos mais afoitos, a Nintendo antecipa-se à oferta promocional dos ginásios e acaba de lançar o jogo Fitness Boxing, um título na linha de Wii Fit (Wii, 2007) e Wii Fit U (Wii U 2013). Só que desta vez, sem a balança e sem o pequeno acessório monitorizador das calorias gastas, passos dados num dia, etc. Com Fitness Boxing existe uma simplificação do conceito fitness, que não quer dizer menos exercícios, ou um acompanhamento menos rigoroso. Muitas das funcionalidades que encontramos nos outros jogos têm aqui representação: treinos diários, uma linha de treino, e várias modalidades de exercício com incidência em diferentes partes do corpo para um trabalho harmonioso. No entanto, é um jogo um pouco mais simplificado e quase resumido ao essencial, com uma apresentação distinta da série Wii Fit e um forte desenvolvimento de música e ritmo.

A vantagem inicial de um jogo que envolve movimentos numa consola híbrida como a Switch, é que dispensa a ligação ao televisor. Deslocando ambos os Joy-Com para as mãos, podem pousar o ecrã em qualquer sítio: diante da vossa cama para quem queira cumprir a rotina diária de treino logo pela manhã, ou até mesmo no exterior, desde que convenientemente equipados para enfrentar o frio glaciar que grassa por estes dias. Depois, só precisam de seguir as instruções da sempre prestável "personal trainer", que vos acompanha em todas as sessões e ainda vos ensina o básico e o mais avançado sobre os movimentos.

1
O objectivo passa por alcançar o máximo de perfects dentro de um tempo limite.

Desenvolvido pela produtora japonesa Imagineer, no activo desde 1986 e responsável por um vasto conjunto de títulos, Fitness Boxing distingue-se de Wii Fit, desde logo pela sua componente musical, ao ponto de parecer um jogo de ritmo, lembrando jogos como Just Dance (Ubisoft) e até Muscle March (Bandai Namco). O jogador usa os Joy-Con para vários exercícios. Não apenas para treinar os movimentos típicos do boxe. Outras zonas do corpo são chamadas a intervir; região abdominal, lombar e peito.

Ao ritmo da música (não faltarão temas para exercitar o corpo), o jogador prime os botões dos comandos nas posições indicadas, seguindo uma sequência e uma posição corporal, previamente definidas. Se forem lestos a premir os botões são agraciados com pontuações máximas (perfect). Há um tempo limite para cada exercício. Antes de mais, o jogo pede o vosso peso e altura, para definir a partir daí um valor que será mostrado adiante e dará conta do progresso.

Ao ritmo de sessões diárias, não se pode dizer que Fitness Boxing seja a solução mágica para vos deixar com a região abdominal ultra definida. É um jogo feito a pensar no utilizador sedentário, a pô-lo em movimentos acelerados e rápidos, adquirindo consistência que depois não só pode como deve ser trabalhada num ginásio. Para quem tem peso a mais e se assusta com a ideia de um ginásio, Fitness Boxing oferece um bom começo.

Depois de percorridos os treinos diários e conhecida a estrutura dos movimentos básicos e exercícios disponíveis, passam a poder experimentar qualquer treino para uma actividade localizada ou simplesmente para divertimento ao som da música. Só para terem uma ideia, aqui escutam músicas de Lady Gaga, Carly Rae Japsen (Call Me Maybe) e LMFAO. É uma selecção aceitável tendo em conta a abrangência que o título ambiciona. Se quiserem podem chamar um parceiro para uma sessão de treino cooperativa, num esforço conjunto de suor e combinações.

Em suma, Fitness Boxing opera como um ponto de partida para quem queira começar o ano fazendo actividade física, mas é também um jogo de movimento e ritmo de estrutura algo simplificada. Não vai tão longe nos patamares de treino proporcionados por Wii Fit U nem é muito rigoroso na detecção dos movimentos, servindo-se da música como factor primordial para o movimento. Um jogo acessível e transversal.

Publicidade

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.