Foram precisas quase 19 horas para vencer Raid de Destiny 2: Forsaken

Mas há quem acuse o clã de ser batoteiro.

Na Sexta-Feira iniciou-se uma corrida entre clãs para ver quem é que seria capaz de vencer primeiro a Raid Last Wish de Destiny 2: Forsaken, a expansão que foi lançada a 4 de Setembro e que tenta, mais uma vez, colocar o jogo na direcção certa.

O "REDEEM" foi o clã que saiu vencedor dessa corrida, mas com um Power recomendado de 550 e um confronto final que provou ser extremamente complexo, foram precisas longas horas seguidas a jogar para conseguir vencer a Raid em primeiro lugar.

Depois de quase 19 horas seguidas a jogar praticamente sem pausas (18 horas e 48 minutos), o "REDEEM" terminou o desafio no pódio. Este clã já tinha sido também o primeiro a completar Raids anteriores como Wrath of the Machine, a versão Prestige da Leviathan e Spire of Stars.

Para além do mérito de terem sido os primeiros a completar a Raid, as acções do "REDEEM" desencadearem uma série de eventos em Destiny 2 para todos os jogadores, como o desbloqueio de uma nova Strike e uma nova Quest, o que nunca tinha acontecido antes na história da série.

O triunfo dos REDEEM foi reconhecido pela Bungie no Twitter, que partilhou os nicknames do grupo de jogadores que conseguiu vencer a Raid Last Wish em primeiro lugar.

No entanto, a vitória deste clã não está a ser celebrada por todos. No Twitter da Bungie há acusações de que o estúdio está a promover batoteiros. Na base desta acusação está um exploit que foi usado por membros deste clã (e outros jogadores que estavam a tentar completar a Raid em primeiro lugar) para subir mais rápido o nível de Power.

O primeiro boss da Raid Last Wish está a 560 de Power, enquanto o último encontra-se a 580. Com apenas 10 dias para se preparem para a Raid, houve jogadores que não pensaram duas vezes em recorrer ao exploit para subirem o nível de Power para o próximo possível.

Confere no vídeo a raid completa Last Wish.

Salta para os comentários (18)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (18)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários