Com a demo de FIFA 19 já disponível para PS4, Xbox One e PC, fizemos aquilo que praticamente todos os fãs de jogos de futebol fizeram: instalaram a demo e foram conhecer as novidades que FIFA 19 tem para oferecer.

Neste demo podes experimentar uma pequena parte do modo The Journey Champions e o modo Champions League. Este último é a grande novidade de FIFA 19, já que anteriormente a licença pertencia aos jogos da série PES.

Para mostrar o modo Champions League em grande, escolhemos fazer um confronto em a Juventus, de modo a mostrar Cristiano Ronaldo já na equipa italiana, e o Manchester United, uma das melhores equipas da Liga Inglesa e a antiga casa de Ronaldo (antes do Real Madrid).

FIFA 18 será lançado para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch a 28 de Setembro.

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro

Comentários (0)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

FIFA 19 - Quais as melhores promessas e estrelas escondidas?

Analisámos os melhores jogadores com menos de 21 anos.

FIFA 19 - Lista dos Melhores Jogadores

Portugal bem representado!

FIFA 19 - Onde comprar mais barato em Portugal?

Analisamos todos os preços e ofertas para as reservas.

Spider-Man deixa Shadow of the Tomb Raider em segundo no Japão

A Switch mantém-se em primeiro e acima dos 5 milhões.

Últimas

Spider-Man deixa Shadow of the Tomb Raider em segundo no Japão

A Switch mantém-se em primeiro e acima dos 5 milhões.

One Piece: World Seeker receber trailer do TGS

Os Piratas do Chapéu de Palha enfrentam a Marinha.

C17 anunciado para Dragon Ball FighterZ

O datamine estava totalmente certo.

Youtube Gaming tem os dias contados

Google vai encerrar plataforma devido ao baixo número de utilizadores.

Publicidade