Shadow of the Tomb Raider chega dentro de horas às lojas e o Digital Foundry teve a oportunidade de jogar a nova aventura de Lara Croft para descobrir como se encontra a sua tecnologia.

Agora nas mãos da Eidos Montreal, responsável pela série que até agora foi gerida pela Crystal Dynamics, Shadow of the Tomb Raider representa uma aposta no mesmo estilo e mecânicas que viste em Tomb Raider e Rise of the Tomb Raider.

A Eidos Montreal implementou diversas melhorias na tecnologia de Shadow of the Tomb Raider e segundo o Digital Foundry, existem preços a pagar para obter algumas dessas melhorias.

"Estas melhorias têm um preço? Bem, a resolução desce um pouco em quase todas as plataformas. Na Xbox One, a 1080p de Rise of the Tomb Raider passou para 900p fixa. Graças à excelente solução TAA, isto não é preocupação - a qualidade de imagem melhorou graças a esta técnica. É um pouco menos nítida, como seria de esperar, mas no geral, é preferível."

"Depois temos a versão PlayStation 4, que corre a 1080p nativa - a única versão que iguala a do jogo anterior. Graças à TAA, está na mesma fluído e ligeiramente mais nítido. No geral, é uma boa notícia para quem joga nas consolas base - ambos têm bom aspecto e a principal diferença visual é uma ligeira nitidez extra na PS4."

Sobre as versões mais poderosas de cada consola, o Digital Foundry investigou os dois modos de jogo presentes em Shadow of the Tomb Raider, descobrindo que as suas resoluções também estão inferiores às de Rise.

"Falaremos momentaneamente da performance, mas o modo de alta resolução revela uma pequena descida comparado com Rise, que oferecia '4K verdadeira' na Xbox One X e uma equivalente via checkerboard na Pro. Em Shadow, temos 2016p na Xbox One X e 1872p na PS4 Pro. A contagem dos pixeis neste jogo não é fácil (a TAA reduz um pouco a importância da resolução nativa) mas existe a possibilidade do uso de resolução dinâmica. Dito isto, se for dinâmica, não existem muitas quedas. No geral, a Xbox One X oferece a imagem mais nítida, mas todas as versões têm bom aspecto."

Além da resolução, o Digital Foundry destaca o uso de texturas 4K de maior qualidade na Xbox One X e PlayStation 4 Pro, o que significa que estas consolas conseguem apresentar texturas com uma qualidade ligeiramente superior.

Sobre a performance, o Digital Foundry descobriu que entre as duas consolas base, a PlayStation 4 fica mais perto dos 30fps, mas existem quedas. A Xbox One "apresenta quedas mais pronunciadas na performance, acompanhadas por screen-tearing, ausente na PS4."

Nas consolas mais poderosas, a PS4 Pro apresenta quedas dos 60fps em cenas exigentes, quando jogas no modo de alto rácio de fotogramas, enquanto a Xbox One X conseguem manter-se mais firme nos 1080p60 quando escolhes este modo. Existem na mesma quedas, acompanhadas de screen-tearing, mas o modo funciona muito bem para quem preferir correr a 60fps.

O modo alta resolução mostra uma performance altamente sólida na PlayStation 4 Pro, que se aguenta a 30fps em quase todas as cenas. A Xbox One X consegue os 30fps na maioria do tempo, mas existem algumas quedas ocasionais com tearing.

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão