Testamos a versão PC de Monster Hunter World

Será que é uma boa conversão?

Um dos jogos para PC mais aguardados deste Verão é Monster Hunter World, que já se tornou no jogo mais vendido de sempre da Capcom.

Com a versão para consolas lançada em Janeiro deste ano, os jogadores do PC tiveram que esperar quase sete meses pela conversão de Monster Hunter World. Será que a espera adicional valeu a pena? É isso o que podes descobrir no vídeo.

A versão PC de Monster Hunter World tem um amplo leque de opções gráficas que te permitem ajustar os parâmetros de qualidade visual, no entanto, não há suporte para monitores com resolução Ultra-Wide.

O que acontece nestes monitores é que a imagem não preenche a tela inteira. Em vez disso, são colocadas barras pretas nas laterais que substituem o espaço em falta não preenchido pela imagem do jogo.

Fora isto, a versão para PC de Monster Hunter World pode ser considerada como razoável. Mesmo com as configurações gráficas no máximo, nota-se que não foi um jogo desenvolvido de raiz para a plataforma. Há texturas de baixa qualidade à vista e pop-ups ocasionais, mas a optimização e o desempenho estão estáveis.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Mais um vídeo de Returnal

11 coisas que tens de saber sobre o exclusivo PS5.

Castlevania Season 4 estreará em Maio e será a última

Mas a Netflix explorará este universo em novas séries.

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários