A Netflix anunciou hoje um acordo global com o reconhecido e premiado produtor e guionista Álex Pina, a mente criativa por trás de uma das séries em idioma não-inglês mais vistas na Netflix, La casa de papel.

Como parte do acordo, Pina, fundador da produtora Vancouver Media e também o motor criativo por trás de séries emblemáticas como Vis a Vis, El Barco ou Los Hombres de Paco, produzirá novas séries e projetos exclusivos para os 125 milhões de utilizadores da Netflix em todo o mundo.

"Estamos muitos emocionados por anunciar o nosso acordo geral com Álex Pina e poder trabalhar lado a lado com um criador e uma equipa de produção com tanto talento. Temos a certeza que o Álex continuará a atravessar fronteiras com a sua visão única para contar histórias, chegando a um público global" declarou Erik Barmack, vice-presidente de séries internacionais originais da Netflix.

Álex Pina acrescentou que "Trabalhar de mãos dadas com a Netflix é um sonho que se realiza na hora certa. O momento em que as séries estão a converter-se num dos movimentos culturais mais relevantes."

"A possibilidade de alcançar todos os cantos do planeta e reverter a predominância de grandes indústrias anglo-saxônicas de ficção; é fazer parte da ilusão de milhares de criativos de todo o mundo; produções de pequenos lugares do mundo que hoje podem atingir todo o planeta. E nós tínhamos que estar aqui, com a Netflix, neste desafio revolucionário."

Após o sucesso das partes 1 e 2 do assalto espanhol que já é um fenómeno mundial por completo, como parte do acordo, terá início a produção da terceira parte de La casa de papel, que terá sua estreia em 2019. Também há outros projetos em desenvolvimento, como Sky Rojo, um drama de ação feminino que começará a ser produzido em 2019.

1

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão

Comentários (1)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Publicidade