Director de Final Fantasy 7 Remake explica o anúncio antecipado

Culpa a ansiedade dos fãs e os rumores da Internet.

Se olharmos para os grandes títulos recentes do género RPG da Square Enix, começamos a estabelecer um padrão: a grande maioria teve um anúncio precoce, resultando em anos de espera e de ansiedade para os fãs. Foi assim com Final Fantasy 15 (originalmente chamado de Final Fantasy Versus 13) e o mesmo aconteceu com Kingdom Hearts 3 e Final Fantasy 7 Remake.

Tetsuya Nomura, o director de Kingdom Hearts 3 e Final Fantasy 7 Remake (e que desempenhava o mesmo papel em Final Fantasy Versus 13) explicou numa entrevista com o Multiplayer o motivo para os anúncios precoces da Square Enix, fazendo alusão à possibilidade de fugas de informação e consequentemente de divulgação de informações falsas que geram expectativas erradas entre os fãs.

"Anunciar um jogo para o público é sempre uma decisão difícil. Compreendo porque razão algumas companhias esperam o máximo, acho que é algo positivo. Mas no nosso caso, temos muita pressão dos fãs, mesmo quando não temos nada para anunciar. Estão sempre a perguntar se estamos a trabalhar naquilo, ou porque não estamos a fazer um novo jogo de uma série," desabafou Nomura.

O director diz que mesmo depois de já terem anunciado o jogo, as perguntas dos fãs não param, com pedidos constantes para a divulgação de um novo trailer e da data de lançamento. Devido à ansiedade por novas informações, e também devido à quantidade de rumores e de fugas de informação que existem hoje na indústria, a Square Enix prefere anunciar os jogos mais cedo.

"Honestamente, prefiro que sermos nós a revelar oficialmente os nossos jogos em vez de uma fuga de informação ou rumor. Especialmente quando parte do desenvolvimento é feito por empresas terceiras, havendo o risco das pessoas fora da equipa espalharem informações e imagens na Internet. É ainda pior quando durante o desenvolvimento um rumor se torna num facto."

Com o remake de Final Fantasy 7 foi isto que aconteceu. Já estava a correr a palavra de que a Square Enix estava a trabalhar no jogo e a equipa decidiu não mantê-lo em segredo durante mais tempo. O remake foi anunciado na conferência PlayStation na E3 de 2015, mas desde então que muito foi divulgado. Não é de admirar, neste momento Nomura está ocupado com Kingdom Hearts 3, que será lançado finalmente em Janeiro de 2019.

Publicidade

Salta para os comentários (42)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Pokémon Masters ganha novo trailer, chegará ainda no Verão

Batalhas em tempo real e modo cooperativo para 3 jogadores.

Nintendo Switch e Super Mario Maker 2 imperam nas vendas do Japão

As restantes consolas e jogos têm pouca expressão.

Dragon Ball Z: Kakarot - Vegeta, Piccolo e Gohan serão jogáveis

Krillin, Yamcha e outros serão apenas personagens de suporte.

The World of Cyberpunk 2077 é o livro que explica o mundo do jogo

Resultado de uma parceria da Dark Horse e CD Projekt.

Também no site...

Comentários (42)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários