Lançada originalmente em Fevereiro de 2012, a portátil PlayStation Vita da Sony deixará em breve de apresentar jogos em formato físico.

A Sony na América do Norte e Europa informaram os estúdios e editoras que perto do actual ano fiscal vão deixar de fabricar cartões de jogos para a PS Vita, informando que posteriormente apenas poderão lançar versões digitais.

A informação, obtida pelo Kotaku, indica ainda que as companhias têm até 15 de Fevereiro de 2019 para efectuar os seus pedidos de produção de cartões, o que significará o fim do fabrico de edições físicas de títulos para a portátil da Sony.

A PS Vita enfrentou um forte concorrência do sector mobile da Nintendo 3DS, não conseguindo encontrar o seu espaço, especialmente no Ocidente. O elevado preço dos cartões de memória da Sony, a falta de suporte dos grandes estúdios e a ausência de exclusivos de peso ditaram uma vida menos feliz para a portátil.

No entanto, para muitos jogadores a PS Vita tornou-se sinónimo de JRPGs em modo portátil, a casa dos indies e uma plataforma com jogos específicos e de sabor nipónico.

Jogos como Uncharted: Golden Abyss demonstraram inicialmente o potencial da PS Vita, tal como Gravity Rush, mas a consola não conseguiu cativar a atenção dos grandes nomes.

1

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão

Comentários (40)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados