Director de God of War fala das comparações com Dark Souls e The Last of Us

"É como dizer que todos os filmes com uma criança e um adulto são o mesmo".

God of War é um dos jogos mais aguardados para a PlayStation 4 e tratando-se de um exclusivo desenvolvido pela Sony Santa Monica numa das mais acarinhadas séries nas consolas da Sony, o entusiasmo é mais do que muito.

Recentemente, a Sony apresentou o jogo à imprensa, onde nos foi possível jogar a nova aventura de Kratos. Em Espanha, Cory Barlog, o director do jogo que liderou a equipa de desenvolvimento, conversou sobre diversos aspectos como o ADN da série e as comparações com outros jogos.

Numa era em que tudo o que mexe é comparado a Dark Souls, Cory Barlog foi questionado se não fica incomodado por ver o seu sistema de combate em God of War ser comparado ao do jogo da From Software e até com as comparações com The Last of Us da Naughty Dog.

"Creio que enquanto criador é difícil responder a essa pergunta. Que te comparem a Dark Souls...Dark Souls é espectacular. O problema é quando atrás dessa comparação existe um comentário provocador ou incendiário," disse Barlog.

"Ser comparado a The Last of Us. É um grande jogo e os seus criadores são génios, não existe qualquer similaridade além da existência de uma criança, um adulto e uma câmara na terceira pessoa. As similaridades ficam-se por aí. É como dizer que todos os filmes com uma criança e um adulto são o mesmo filme," acrescentou Barlog sobre as comparações.

"Entendo que o vejas dessa forma pois precisas explicá-lo, mas quando estamos a criar algo tão diferente faz falta uma referência para que as pessoas o compreendam. Quando o jogarem vão entender, espero, mas é preciso mais do que um exemplo para explicar o que fizemos; não creio que exista uma só comparação perfeita."

Questionado se este novo God of War conseguirá conquistar os fãs de sempre que ficaram descontentes com as mudanças, o director do exclusivo PlayStation 4 diz que espera que pelo menos lhe possam dar uma oportunidade.

"Ver as mudanças de fora pode ser difícil se tiveres um enorme apreço pela série. Acredito que sou parte do ADN de God of War. Estava lá no início, sou uma grande parte de quem Kratos é, das sensações que o jogo transmite. Fiz muitos dos seus movimentos básicos."

"Se existe alguém que possa fazer uma nova experiência na série, sou eu. Gostaria de pensar que os aficionados o vão jogar sem preconceitos. Compreendo que tenha passado muito tempo e estejam com medo ou dúvidas, mas peço-lhes paciência e uma mente aberta. Acredito que quando o jogarem vão sentir a diferença."

God of War chegarà a 20 de Abril.

Publicidade

Salta para os comentários (27)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

ArtigoSayonara Wild Hearts é um dos mais fantásticos jogos de 2019

Novo desafio ao conceito de experiência interactiva artística.

Borderlands 3 faz sucesso no Pornhub

Pesquisas por conteúdos da série aumentaram com a chegada do novo jogo.

Apple Arcade - Todos os jogos disponíveis no serviço

Tens uma série de jogos que podes experimentar!

Nintendo Switch Lite já disponível nas lojas

Optimizada para o formato portátil.

Também no site...

ArtigoSayonara Wild Hearts é um dos mais fantásticos jogos de 2019

Novo desafio ao conceito de experiência interactiva artística.

Borderlands 3 faz sucesso no Pornhub

Pesquisas por conteúdos da série aumentaram com a chegada do novo jogo.

Comentários (27)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários