As 10 Maiores Lendas Urbanas dos Videojogos

Lara Croft nua? Zelda com uma suástica?

Pode parecer que não, mas os videojogos são uma forma de arte como umas boas décadas de existência, podendo mesmo remontar aos anos 50.

Com milhões de jogadores ávidos em todo o mundo, sedentos de mais informações sobre determinado jogo, é normal que certas teorias, rumores, lendas e mitos urbanos acabem por vir ao de cima, algo que acontece também noutros meios audiovisuais - algumas sem pés e cabeça, outras ligeiramente mais realistas mas todas altamente peculiares.

Por isso mesmo, a listagem que poderás ler a seguir sobre as 10 Maiores Lendas Urbanas dos Videojogos terá que ser lida com um espírito bem aberto: as lendas existem, efectivamente; todavia, nem todas elas possuem qualquer confirmação oficial que permita verificar a sua veracidade, deixando ao critério de cada um aquilo em que acreditar.

Nesta época em que vivemos repleta de notícias falsas, é fácil criar um rumor e espalhá-lo de tal maneira pela Internet que o mesmo se torna realidade. Ainda assim, prefiro acreditar que estas teorias existem devido à paixão extrema que muitas pessoas nutrem pelos videojogos e daí a nossa constante obsessão em querer esmiuçar cada segredo e encontrar algo transcendente ao jogo em si.

Prontos? Vê já a seguir a nossa primeira escolha.

10. Majora's Mask e o cartucho amaldiçoado

Esta história é verdadeiramente arrepiante, daquelas capazes de erguer os pêlos da parte de trás do pescoço; a mesma surgiu na rede social 4chan e fica ao critério de cada um acreditar ou não.

Segundo o mito, um utilizador do 4chan deparou-se com um cartucho em branco de Majora's Mask para a Nintendo 64, com o título do jogo escrito a marcador ao longo do plástico. Como se não fosse o suficiente, o utilizador colocou ainda imagens e vídeos no youtube que suportavam esta história, revelando uma versão do clássico Zelda diferente do original: completamente deturpada, perversa e retorcida.

terriblefate

Acham que a história não podia ficar mais estranha? Pois bem, o jogo incluía já um ficheiro de gravação, denominado “Ben”. O novo utilizador do jogo apagou este ficheiro e criou um novo, algo que, à partida, não iria causar qualquer problema.

Todavia, assim que iniciou o jogo, todos os NPCs começaram a referir-se a ele como Ben, levando a que a comunidade tenha apelidado este título como “assombrado”. Quer seja verdade, quer não, é sem dúvida material genial para um episódio de Ficheiros Secretos.

Salta para os comentários (56)

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (56)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários