Fundadores da Sledgehammer Games abandonam o estúdio

Mas vão continuar a trabalhar na Activision.

A Sledgehammer Games, responsáveis por Call of Duty: WWII, perdeu os seus fundadores, Michael Condrey e Glen Schofield.

Ambos os fundadores vão continuar a trabalhar dentro da Activision, em novas funções executivas, enquanto Aaron Halon, diretor do desenvolvimento do produto na Slegehammer Games, vai assumir a liderança.

"O Aaron é um membro fundador da Slegehammer Games e uma escolha natural para liderar a equipa. Tem mais de 20 anos de experiência na indústria e teve um papel fundamental na história do estúdio," explicou a Activision uma declaração enviada ao Kotaku.

A Sledgehammer Games também foi o estúdio responsável por Call of Duty: Modern Warfare 3 e Call of Duty: Advanced Warfare. O estúdio foi fundado em 2009 e posteriormente comprado pela Activision, em resposta à saída de Jason West e Vince Zampella, que fundaram a Respawn Games e estabeleceram um acordo com a Electronic Arts.

Em relação à saída do estúdio, Glen Schofield disse que "está na altura de experimentar outras coisas. A Activision ofereceu-me a oportunidade de focar a minha energia em algo que adoro, explorar novas ideias para jogos dentro da companhia. É algo que não poderia desperdiçar."

Michael Condrey disse que "estou ansioso por começar um novo capítulo na minha carreira dentro da Activision".

Publicidade

Salta para os comentários (1)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (1)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários